domingo, 30 de junho de 2013

A Força do Vandalismo

  “As pessoas com privilégios preferem arriscar a sua própria destruição a perderem um pouco da sua vantagem material.”  [John Galbraith]
$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$
  2013 esta sendo um ano interessante.
  Duas coisas inesperadas e muito boas foram a derrubada da PEC 37 e a prisão de um Deputado, só por isso as manifestações já valeram.
  A PEC 37 iria dificultar, praticamente impedir, que o Ministério Publico investigasse denuncias de improbidade administrativa.
  A prisão do Deputado sinaliza a quem ocupa esse cargo político que ele não esta acima da lei.
  Aqui eu não invento a Realidade simplesmente a observo.
  Por hora observo que infelizmente devemos essas conquistas ao vandalismo.
  Explico:

  Você fazer uma passeata pacifica contra o preço dos pedágios dificilmente traz algum resultado, muitas já foram feitas.
  Você juntar uma turma e destruir a praça de pedágio... a discussão vai para outro patamar.

  Você fazer protestos pacíficos contra o preço da passagem de ônibus raramente surte algum efeito, muitos já foram feitos, incendiar ônibus, quebrar estabelecimentos comerciais, colocar fogo em pneus leva a situação para outro patamar.
  Um grupo de pessoas acampar em frente o Congresso é uma coisa, mas um bando de pessoas invadir o Congresso e agredir Deputados a situação vai para outro patamar.
  Até porque a agressão do cidadão a um policial é aceita, mas a agressão de um policial a um cidadão é mal vista.
===========================
  Por isso sempre defendi que Grandes Empresários e Políticos prestem muita atenção as necessidades dos cidadãos menos favorecidos pelo poder ou dinheiro para que os próprios Empresários e Políticos possam ficar seguros em suas posições de destaque.

   O que faz um Hugo Chaves ou Hitler surgir?
  Uma despreocupação total com a qualidade de vida dos cidadãos por parte das pessoas que estão no topo da pirâmide e poderiam amenizar desigualdades sociais.

  Se quem esta no poder não se antecipa as necessidades o caldo de revolta vai se intensificando e criando vândalos.

  Se os vândalos são úteis para forçar uma mudança eles são terríveis se chegam ao poder.

  Hugo Chavez, Stalin, Mussolini...são vândalos que chegaram ao poder.
  A sorte do Brasil é que não temos nenhuma corrente radical para dar “esperança” ao povo.
  O PT tinha essa “aura magica”, mas como esta a muito tempo no poder a perdeu.
  No Brasil temos um sincretismo religioso muito distante daquelas “irmandades muçulmanas”. Não corremos o risco de perder nossa LAICIDADE.
===========================
  Claro que o vandalismo não pode continuar indefinidamente, por isso espero BOM SENSO dos manifestantes pacíficos e principalmente de Grandes Empresários e Políticos...SE ANTECIPEM.
  Dos manifestantes pacíficos espero muitos debates políticos e QUALIDADE NO VOTO.
  Dos Políticos e Empresários espero que eles enxerguem o óbvio, só um Capitalismo de boa qualidade pode trazer progresso para Nação e esse progresso e prosperidade deve ser DIVIDIDO COM TODOS, a preocupação com a qualidade de vida deve ser uma constante.
  Não gostei do crescimento da Marina nas pesquisas, ela claramente é anti-capitalismo.
  Com ela no poder não atingiremos nem a primeira etapa que é o crescimento sustentável da economia, lembrei daquele velho ditado.
  "Em casa que falta o pão todo mundo fala, mas ninguém tem RAZÃO."


  Vejam que interessante se eu sou um Rico Empresário e sou a favor da privatização dos portos porque financio políticos que não se propõe a fazer isso?
  Quando o político ou seu tesoureiro vai pedir auxilio financeiro na campanha de certo ele deve ser sincero quanto as suas intenções, sua ideologia, o Rico Empresário obviamente tem uma noção muito boa de quem ele vai apoiar ou não, diferente de nós que só vemos o candidato pela TV mascarado por toda sua equipe de marketing.
  Logo, o empresariado reclama de um Governo que ele mesmo financia!!!! [empresarios-estupidos]

anterior                       <>                                próximo
Postar um comentário