segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Sistema Capitalista Burguês

   “A vida de Carolina virou de ponta-cabeça quando o repórter Audálio Dantas foi escalado pela Folha da Noite para cobrir um protesto na favela do Canindé, por causa de um playground instalado pela prefeitura onde adultos se divertiam com os brinquedos das crianças.
  Na aglomeração se destacava uma mulher negra, alta e de lenço na cabeça, que ameaçava registrar os nomes dos grandalhões em seu diário. 

  
  Vejo pensadores creditando a pobreza de muitas famílias a décadas de descaso do "Sistema Capitalista Burguês".


  Vamos analisar no caso da Carolina Maria de Jesus que culpa cabe a essa "entidade" que chamam de "Sistema Capitalista no Brasil".



*Carolina nasceu pobre no interior de Minas Gerais:
 
  Carolina Maria de Jesus nasceu em Sacramento, interior de Minas Gerais, em 1914.
  Sei lá!
  Nascem crianças pobres no mundo inteiro até hoje, eu nasci pobre.
  A Revolução Industrial digamos que iniciou por volta de 1780, será que antes dessa data não havia pobres!?
  Eu que estudo muito Historia observo que não tem melhor época para nascer pobre como essa que vivemos, claro que sempre é melhor ser rico.
  Tudo barateou muito, eu poderia dar inúmeros exemplos, mas vejam o caso do celular, uma coisa inimaginável para reis é acessível praticamente a qualquer um.
  Reclamamos do SUS, mas no passado o socorro médico era nenhum você poderia morrer ou ser amputado por infecções simples.
  O antibiótico só começou a ser produzido em escala industrial em 1940, hoje qualquer “pobre de marré de si” tem acesso a esse medicamento.
  É senhoras e senhores vivemos tempos MARAVILHOSOS.


*O Sistema Capitalista quer pessoas burras, analfabetas ou semianalfabetas?

  Não foi o caso de Carolina, ela teve acesso a escola e foi alfabetizada, atentem que estamos analisando a vida de alguém que nasceu em 1914.
  A indústria para evoluir precisa de pessoas alfabetizas, que consigam operar uma máquina seguindo instruções de um manual.
  Quantas empresas você conhece que dão preferência para contratar analfabetos?


*O Sistema escraviza as pessoas?

  Carolina nasceu em uma cidade pequena sem muitas opções de trabalho... até hoje a maioria das cidades são pequenas com limitação nas opções de trabalho e muita gente vive bem assim, não trocam a calma de suas cidades pela "correria da cidade grande."
  Não dá para toda cidade ser uma Grande São Paulo, isso não acontece em nenhum país por mais desenvolvido que seja.

  Que louco vai construir um Shopping Iguatemi em uma região com 10 mil habitantes!?
  É natural que os maiores empreendimentos sejam feitos em lugares com mais consumidores.

  Carolina e seus contemporâneos eram escravizados!?
  Como se ela decidiu vir para Ribeirão Preto e teve LIBERDADE para isso!?
  Nem precisou pedir autorização para o Governo como acontece em muitos países Comunistas.

*O mundo de hoje está perdido devido a pornografia televisiva?

  Caraca!
  A TV só chegou ao Brasil em 1950 quando Carolina já tinha 36 anos, por ser um produto muito caro poucas pessoas tinham acesso mesmo na década de 60.
  Lembremos ainda que em 1964 teve o golpe militar e a programação foi altamente censurada, nada "supostamente imoral" foi permitido, pelo menos até a década de 80.
  Porque estou escrevendo isso?
  Carolina veio para Sampa tentar uma vida melhor e nesse projeto de vida teve 3 filhos de “pais diferentes.”
  Será que ter 3 filhos facilitava a vida de alguém em 1930?
  Como podemos culpar a TV, que nem existia no Brasil, pela irresponsabilidade maternal de Carolina?


  Isso mostra para você que está na adolescência que esse passado maravilhoso, cheio de moral e bons costumes que sua vó fala é uma FANTASIA.

  Sexo é um instinto muito poderoso em nossa espécie ele sempre rolou, como não tinha pílula as moças casavam cedo com a benção das famílias porque quando o fogo na periquita vinha junto com a primeira menstruação o controle sexual ficava problemático.

  No entanto, se a pílula é algo novo em nossa sociedade as práticas abortivas são muito antigas:

  “A história do aborto, segundo a Antropologia, remonta à Antiguidade.
  Há evidências que sugerem que, historicamente, dava-se fim à gestação, ou seja, provocava-se o aborto, utilizando diversos métodos, como ervas abortivas, o uso de objetos cortantes, a aplicação de pressão abdominal entre outras técnicas em geral. [Wikipédia]

“A Funai esconde números e casos como este, mas os pesquisadores já detectaram a prática do infanticídio em pelo menos 13 etnias, como os ianomâmis, os tapirapés e os madihas.
  Só os ianomâmis, em 2004, mataram 98 crianças.
  Os kamaiurás, a tribo de Amalé e Kamiru, matam entre 20 e 30 por ano...

  Carolina escrevia um diário e nele [até onde sei] não foi relatado estupro.

*Sorte não existe?

    “Faleceu em condições precárias, em 1977.”

   Carolina precisava de uma grande oportunidade em sua vida [igual a maioria de nós] e essa oportunidade aconteceu.
    Observem que era uma mulher de opiniões próprias, não se intimidava em denunciar pessoas em seu diário mesmo que fossem homens esses "dominadores de mulheres indefesas".
  Não dá para dizer que ela não sabia se impor, podemos deduzir que sabia o valor do dinheiro e não deixou de mão beijada para ninguém.
  Quero dizer que seu sucesso lhe deu capital... a sorte bateu a sua porta se ela não soube administrar que culpa podemos atribuir ao “Sistema Capitalista” !?

*Precisamos da aplicação de cotas?

  Dizem que nunca na história desse país o racismo foi combatido como no governo atual (PT) justificando assim a adoção de cotas raciais.
  São séculos de descaso com a “raça negra” que só no governo de Luís Inácio passou a ser valorizada.

  Se a discriminação era tão grande como explicar que Carolina foi convidada para participar de debates com a nata da sociedade?
  Lá na década de 20 ela não foi impedida de estudar, não consta nem que frequentou uma escola especial para pessoas "não brancas".

 “O fato é que um cidadão que tem 18 anos hoje (2013), nasceu em 1995.
  Que exclusão ou discriminação tão grande esse cidadão sofreu que justifique sair roubando e matando por aí!?”


▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  Sinceramente não sei onde o “Sistema Capitalista Burguês” falhou com a Carolina ou falha na atualidade conosco.

  Se meus pais não planejaram bem meu nascimento ou se o bondoso Deus fez um mundo tão desigual ... “SE” eu fosse culpar alguém ou alguma coisa meus pais e Deus seriam a opção mais LÓGICA.

  Tudo pode ser fruto do Acaso/Coincidência, mas brigar com o acaso é como chutar uma pedra que você tropeçou...

  Carolina NÃO foi competente para administrar sua vida pessoal e financeira, não vejo como o Sistema Capitalista e "parcialmente " Democrático [ela passou por ditaduras] lhe prejudicou de alguma forma.
  A sorte também não sorri para todos no Comunismo.

  Esse texto em parte quer mostrar que não houve uma terrível segregação racial no Brasil como ocorreu em outros países.
  "Talvez" porque boa parte da população era e é negra, mas mesmo isso não explica, pois há nações como a África do Sul que mesmo os brancos sendo minoria ditavam as regras do jogo.
  Talvez seja nossa colonização portuguesa, os portugueses gostavam tanto das mulheres negras que há relatos de grandes amores como a história de Xica da Silva.
  Mas isso não importa, o que importa é que no Brasil, um racismo radical nunca vingou depois da abolição.

  Observem que Carolina nasceu apenas 26 anos depois da abolição e sua vida seguiu o padrão normal de uma pessoa pobre de qualquer tom de pele.

  NÃO! Não estou falando que tudo foi melzinho na chupeta... não pensem linearmente.
  Estou dizendo que devemos parar de "imaginar" um passado e culpa-lo por nossos insucessos familiares.
  Independentemente da situação que nascemos devemos ADMINISTRAR melhor as nossas vidas, isso vale para qualquer cidadão independente de crença, posição social ou cor da pele.

  [Agora vem a parte que “eu” considero mais importante desse texto, tudo isso foi apenas uma preparação.]

  Se você nasce de pais muito pobres provavelmente sua dificuldade para alcançar uma boa condição financeira será maior.
  Então você terá que trabalhar mais, estudar mais, se tiver algum talento investir mais nele, “se você é uma pessoa honesta” esse é o processo lógico.
  [Se não for uma “boa alma” ... cometerá crimes.]

  Se você ao invés de estudar, trabalhar, buscar sabedoria/juízo ... desperdiçar energia acreditando que a “sociedade branca” ou o “Sistema Capitalista” está contra você ... acontece processos ilógicos, naturalmente pouco eficientes, daí você só pode contar com a sorte.

  Se for um “escolhido de Deus” tudo vai ficar mais ou menos bem.
  Mas se é uma “criatura” e dispensa a sabedoria ... não espere que muitas coisas boas aconteçam em sua vida. 😩

  O tempo que você poderia estar estudando ou desenvolvendo algum talento fica alimentando ódios e revoltas, querendo algum “resgate do passado” que acha que tem direito.

  Veja um exemplo:

  Vi uma entrevista com a Negra Li em que ela diz que foi convidada por gravadoras quando fez sucesso fazendo participação de uma música do Charlie Brown Jr.



  Mas ela “revoltada com o sistema” não aceitou.
  O que aconteceria se ela aceitasse?
  Claro que não dá para saber, mas foi uma grande OPORTUNIDADE que ela desperdiçou.
  A Ivete Sangalo que também iniciou sua trajetória em uma banda aceitou e fez muito sucesso, ganhou muito capital.
  A Negra li entrou no "clima" da música [que é muito bonita] , preferiu criticar a TV, falar da exploração pelo Sistema e idolatrar a juventude.

  Com o talento da Negra Li e com toda assessoria ela poderia ter produzido uma grande obra e ter deixado seu nome gravado na história da música popular brasileira.
  Hoje em dia os tempos são outros, é bem mais difícil ganhar dinheiro vendendo CDs, as próprias gravadoras entraram em crise, não oferecem muitas mordomias.
  Sei, sei você está pensando que a Negra Li é uma cantora de sucesso.
  Ela nasceu bonita com uma voz melhor ainda, não foi o Sistema Capitalista que deu isso a ela e nem vai tirar.
  Na entrevista sua revolta da adolescência diminuiu bastante, ela deu uma chance ao sistema que JÁ TINHA DADO UMA CHANCE A ELA.

  Acontece que poucos de nós nascemos com o talento da Negra Li então meu irmãozinho pobre de qualquer tom de pele, não desperdice seu tempo com revoltas, propondo REVOLUÇÕES, isso não é lógico, quando nos falta sorte precisamos ainda mais do BOM SENSO, buscar EVOLUÇÃO.

  Se não alcançarmos o sucesso e a riqueza ao menos podemos almejar uma vida digna e satisfatória.
  Firmeza Mano?

  Se tentamos podemos conseguir, mas pior que não conseguir é nem tentar.

  Sugiro que você tem que tentar da maneira mais eficiente, com trabalho, estudo, esforço, honestidade construir uma história mais prospera para você e sua “futura” família.
  Não ande olhando para traz imaginando uma “dívida social” que não tem como ser paga por    que não existe, foi criada apenas pela imaginação das pessoas, é uma TRADIÇÃO.

  Meu amigo Einstein quer fazer as honras e terminar esse longo texto, é sempre um prazer recebe-lo:

  "A tradição é a personalidade dos imbecis."
 [Albert Einstein]


   [Você que nasceu criança pobre, não opte por ser imbecil.]



anterior                                           <>                                                próximo

Postar um comentário