segunda-feira, 7 de outubro de 2013

O Evangelho Segundo (VOCÊ)

   “O passado não reconhece o seu lugar: está sempre presente”.  [Mario Quintana]
$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$
  “Mas te afirmo que nem isso tira o brilho de Jesus de ter influenciado a humanidade até os nossos dias.” [G+ Comentário 12/08/2013]
===========================         

  Sei que você me conhece há pouco tempo e deve ter lido poucos de meus textos.
  Em resumo:
  Os pensamentos que dominam nossa sociedade são Gregos/Romanos.
  O grande salto de qualidade de vida do Ocidente ocorreu com o advento do Iluminismo e a Revolução Industrial, você me parece uma pessoa culta que não precisa que eu especifique esses acontecimentos.
  Sempre a maioria adota a religiosidade ou ideologia do “império dominante”.
  O Iluminismo e a Revolução Industrial ocorreram na Europa, a Inglaterra Cristã e seus pares se tornaram o IMPÉRIO DOMINANTE.
  Dando um salto... depois da 2ª Guerra surgiram dois grandes “impérios” o Cristão Americano e o Ateu da URSS.
  Quero dizer que sua crença pode não passar da tradição da massa de seguir a “religião do império dominante.”
  Se você nascesse na Índia seria um Hinduístas fervoroso.
  Se nascesse no Irã seria um Islâmico fervoroso.
  Você é um cristão fervoroso por “tradição” ao “império americano/europeu”.
  O LIVRE PENSAMENTO nos liberta da força das tradições.
  Isso é profundo, medite muito, se prefere parar de pensar e só viver pela Fé em alguma tradição...fique certo que entendo.
  São poucos os que suportam a “solidão sólida”, muitos enlouquecem.
  Meu amigo Dante dizia que estamos todos no inferno e é bom que não tenhamos a percepção disso.
 Um Livre Pensador não tem essa benção...

  “Eu não tenho dúvidas que se os índios americanos impusessem sua cultura aos “colonizadores” hoje os Estados Unidos não seriam o que são.
  Franceses, Ingleses, Holandeses...dominariam aquele território e os indígenas seriam subjugados da mesma maneira ou até pior. [Cultura Ineficiente]
________________________________
  É evidente que as tradições tem começo, sofrem transformações e podem chegar ao fim.
  Jesus começou com 12 apóstolos e mesmo realizando milagres incríveis o Cristianismo só se firmou como tradição cerca de 300 anos depois.

  Se eu fosse escolher um evento importante que catapultou o Cristianismo para ser uma tradição forte até nossos dias eu destacaria a conversão de Constantino.
  Ele adotou o Cristianismo como religião oficial do Império Romano e isso possibilitou a existência até de exércitos cristãos como o caso das Cruzadas.
  Segundo a tradição Constantino teve um contato com Jesus o que foi conclusivo para sua conversão, mas é evidente que o cristianismo já tinha fortes raízes na Europa, ele veio capengando por 300 anos, mas fazendo adeptos foi se fortalecendo.
  Quero dizer que apenas Constantino se convertendo seria difícil implantar uma nova religião, isso só aconteceu porque já havia uma condição favorável.
=====================
   Analisando a história contemporânea podemos dizer que o Iluminismo que vou chamar de Livre Pensamento começou por volta de 1700, em 2013 estamos um pouco mais de 300 anos de seu surgimento. 
   O Livre Pensamento/Iluminismo veio capengando por 300 anos, mas com resultados visíveis, ganhando adeptos, criando condição favorável.

  Eu acredito que vivo hoje um momento mágico da história da humanidade como a conversão de Constantino.

  O Livre Pensamento pode ser catapultado nessa geração para uma consolidação e virar uma tradição tão forte quanto são diversas religiões como islamismo, hinduísmo, cristianismo...
  O grande evento é a Internet.
  Já não sinto a "solidão sólida" tão forte quanto sentia há alguns anos atrás.
  Vejam esse Blog que já tem mais de 200 que o adicionaram.
  Tenho esperança que essa nova tradição do pensamento lógico se estabelecerá, mas ela não virá para substituir ou acabar com outras tradições religiosas ou doutrinarias, ela vem para filtrar essas tradições de seus dogmas.

  Cada vez mais cristãos irão PRAGMATICAMENTE aplicar as boas práticas da doutrina e eliminar as práticas e historinhas questionáveis.

  Não se trata de jogar a "sujeira debaixo do tapete", mas realmente tira-las de nossas vidas e deixa-las guardadas carinhosamente no museu da nossa história. 
  Se meu primeiro livro tivesse dado certo eu iria escrever um segundo que chamaria o “Evangelho segundo (William)”.
 Mas espere, não coloque uma conotação messiânica.
 Entre parênteses é para estar o "SEU" nome: O Evangelho Segundo (.................)
 
  O Evangelho hoje é Segundo Constantino, Segundo Lutero, Segundo Calvino, Segundo o ...Líder da sua Igreja.

  “VOCÊ” lerá todo tipo de livro incluindo os "sagrados" e chegará as SUAS conclusões que eu espero que sejam coerentes, lógicas.
  Evangelho significa boas novas.
  A boa nova é que a humanidade tem um FUTURO brilhante façamos acontecer.
  "O passado não reconhece o seu lugar: está sempre presente."
  Nós é que temos que reconhecer do passado coisas que já não servem mais em nosso PRESENTE.

  Essa lógica entra em sua mente?


anterior                                           <>                                                próximo

Postar um comentário