domingo, 15 de junho de 2014

Para Cabacinhos

  “Pensar é o trabalho mais difícil que existe. Talvez por isso tão poucos se dediquem a ele.”  [Henry Ford]
$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$
  Esses aumentos salariais que você recebe coletivamente não significam praticamente nada na sua melhora de vida.


  Para você “cabacinho” que esta começando sua vida profissional esse texto é muito util.
  A visão geral dessa situação é complicada para quem não tem bons conhecimentos de economia, vou simplificar o máximo possível para  que o máximo de pessoas possam compreender.

  Aqui no Brasil [para certas categorias] fazer greve virou tradição, todo ano tem que ter.
  Se nossa cultura fosse melhor, empregadores e empregados [o sindicato que os representa] fariam uma reunião baseada em FATOS econômicos e chegariam a um aumento praticável sem necessidade de paralizações.
  Mas na nossa idiotice sem limites os empregadores apresentam uma proposta baixa porque sabem que os sindicatos pedirão valores altos e a greve ocorrerá de qualquer jeito.
  Vamos dizer que analisando os dados econômicos o aumento seria de 10%, tanto os economista do empregador quanto dos sindicatos chegam a números bem próximos, o consenso TECNICAMENTE é fácil, mas o que acontece?
  De certo o empregador vai oferecer 5% e os sindicatos pedirão 20%.
====================
  Depois de custosas paralizações e transtornos a muita gente principalmente se forem professores, carteiros, motoristas, caminhoneiros, policiais, alfandega, enfermeiros...
  O índice de 10% que poderia ser adotado pacificamente só é obtido depois de sangue, suor e lagrimas.
  E o que muda na sua vida?
  NADA!

  Fica mais fácil entender se você se imaginar como empregador:
  Você tem uma padaria e 5 empregados se você vai dar 10% de aumento a seus funcionários esse custo tem que sair do preço do pãozinho.
  Entenda que o fornecedor de leite, farinha, margarina...também deram aumentos de 10% e todos os produtos que você compra para fazer o pãozinho ficaram mais caros.
  A matemática é bem simples.
  Se você teve aumento coletivo de 10%, mas tudo subiu 10%...houve desgastantes confrontos para não mudar nada.

  Dinheiro é só um pedaço de papel, não é o quanto você ganha que é importante, mas o que você pode comprar com ele.

  Aumentos reais de salários coletivos só são possíveis com aumento da PRODUTIVIDADE.

  Aumento real de salário individual é mais fácil e veremos no próximo texto.
  Por hora adquira mais conhecimento:

  As pessoas tem a ilusão que o “esforço” automaticamente lhes dá direito a alguma coisa quando na Física o esforço pode não passar de tempo perdido...  Clique Aqui

   Nossos sindicatos em pleno 2014 lutam para implantar o Comunismo e você não quer nem ouvir falar em Capitalismo...assim fica difícil.
  Não é que os sindicalistas façam por mal, na cabeça deles estão buscando o melhor para você, se apegaram a uma TRADIÇÃO sem pensar logicamente sobre ela.
  Se você não se interessa em saber como funciona o Capitalismo como pode tirar alguma vantagem dele!?  Clique Aqui

    Tudo que se baseia em cultura/tradição/condicionamento é muito difícil mudar.
   A situação patética que vigora no Brasil não tem previsão de mudança, aqui só temos partidos de esquerda.
  Então não tem jeito cabacinho, a mudança terá que ocorrer em VOCÊ!
  To be continued...





Anterior          <>        Próximo
Postar um comentário