terça-feira, 9 de julho de 2013

Sonegação de Impostos

  “Não existe nenhum homem que, podendo ganhar o máximo, se conforme com o mínimo.”
 [Friedrich Schiller]

  A Empresa que trabalho tem um bom serviço odontológico e minha saúde tem permanecido boa, mas quando cuidava de meus dentes em consultório particular o dentista não gostava de dar nota fiscal.
  Converso com pessoas que utilizam clinicas particulares e é a mesma coisa, médicos e dentistas sonegam impostos o máximo que podem, não são só eles.

  Conheço pessoas que declaram no imposto de renda dependentes que não tem, sim as pessoas declaradas existem, mas não recebem um centavo do declarante.

  Sei de pessoas com imóveis que preferem o risco de alugar verbalmente que fazer um contrato formal e ter que declarar esse rendimento.

  Há pessoas que registram seus carros em cidades de Estados que cobram menos impostos sobre automóveis.
  Outras compram nota fiscal ...

  Observo que tentar sonegar imposto é um "esporte nacional".

   Receita Federal bate recorde e mostra que sonegação está perto do fim.
  O sistema que logo estará operando com todos os seus dispositivos, é considerado um dos mais modernos e eficientes já construídos no mundo.
  É composto por um banco de dados, formado por meio da Nota Fiscal Eletrônica, Sped Contábil, Sped Fiscal, conhecimento de Transporte Eletrônico, informações sobre atividades imobiliárias e operações com cartões de crédito e também das DIRF's, RAIS, Declaração de Imposto de Renda Pessoa Jurídica e Física, entre outros mecanismos que ainda estão sendo criados e implantados.
  A supermáquina anti-sonegação, criada para fechar todas as saídas para quem sonega impostos, forma um ciclo de 30 meios de informações que se cruzam na Receita.”

  Sobre a sonegação estar perto do fim é um otimismo exagerado, mas com o avanço tecnológico a possibilidade de ser pego em fraudes aumentou exponencialmente.


O Domingo Espetacular da Rede Record denunciou irregularidades da Igreja Mundial.
   Denunciou também o enriquecimento do líder da denominação, Valdemiro Santiago.
   A matéria feita pelo jornalista Marcelo Rezende acusou Santiago de enriquecimento ilícito e  lavagem de dinheiro.
  Segundo o jornal o apóstolo adquiriu com dinheiro da igreja duas fazendas avaliadas em 50 milhões de reais.”


Atualmente, a Igreja Universal paga anualmente R$ 500 milhões à TV Record.
    É para veicular comerciais e programas na madrugada, horário em que há pouca concorrência por audiência.
    Há a expectativa de que alguns programas da Universal passem a ser transmitidos em horário nobre na emissora do bispo Edir Macedo.


  As Igrejas não precisam sonegar, elas tem uma certa isenção fiscal, por isso são tão lucrativas.
  Em terra que a maioria paga impostos, quem não paga [mesmo tendo renda] enriquece fácil, é uma tremenda vantagem.
  Os líderes dessas igrejas podem fazer o que quiserem com o “lucro”. 
  A Igreja Universal usa sua isenção de impostos para comprar produtos da Rede Record que pertence ao próprio Edir Macedo!
  É tudo dentro da lei.
  TUDO ESTA TÃO CERTO QUE PARECE ERRADO. 😩
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  Sabe o que é Laudêmio?
  É uma taxa que o vendedor de certos imóveis paga a Igreja Católica, Marinha ou Família Imperial.


  E o IPVA?
  O Governo não tem obrigação nenhuma de aplicar esse dinheiro em melhoria de estradas, o dinheiro arrecadado vai "legalmente" para "caixa preta" do Governo.

   "Ocorre que o IPVA é um IMPOSTO que incide sobre a PROPRIEDADE DE VEÍCULOS, falemos aqui nos terrestres, como carros, motos, caminhões, etc.
  Como todo IMPOSTO, ele NÃO É VINCULADO, ou seja, pode ser utilizado pelo Poder Público em qualquer área que esteja sob a sua tutela, como saúde, educação, pagamento do funcionalismo, segurança, dentre tantas outras obrigações constitucionalmente impostas."


  Fica claro que a razão de tentarmos sonegar impostos é que eles são muitos, caros e confusos.

  Tenho acompanhado na Internet uma revolta popular por impostos "possivelmente" devidos pela Rede Globo.
  Sinceramente não entendo o espanto!
  Foi feita a denúncia, está sendo apurada, a Globo está usando todo seu direito de defesa.

  A Record denunciar a Globo, o Edir Macedo denunciar o Valdemiro parece um quadro da “Praça é Nossa” ou “Zorra Total”.

   No Brasil é tanto imposto, uma legislação tão confusa, duvido que alguma empresa [de qualquer setor] passe pelo pente fino da Receita Federal.
  Quanto maior a Empresa maior o volume financeiro envolvido.

  Faz algum tempo meu “cunhado” Pedrão (marido da minha cunhada) ganhou a indenização de uma disputa judicial trabalhista que ficou anos percorrendo os labirintos do judiciário.
  Ele tinha algumas pendências e necessidades, gastou todo o dinheiro que não era muito.
  O contador não declarou “devidamente” a quantia recebida.
  A Receita Federal mandou uma cobrança de cerca de 7 mil reais, uma fortuna para seus rendimentos de aposentado.
  Tem que parcelar e pagar a duras penas.

  Esse texto não é em defesa da Globo, ou qualquer outra empresa pequena, média ou grande.
  Se a Globo foi pega pela Receita e não conseguir uma vitória jurídica, arcará com o pagamento, assim como meu parente.
  Se é justo ou injusto ... é o que está na lei.
  Podemos muda-la se:

  Meditarmos sobre o caos fiscal que existe nesse país.

  Não defendo o Imposto Único, acho pouco funcional, mas eles poderiam ser reduzidos a meia dúzia com valores "justos" e bem especificados quanto a "destinação".

  Reconheço a necessidade de pagarmos impostos, mas diante dessa falta de TRANSPARÊNCIA e enorme quantidade de cobranças, não me espanto com a tentação da sonegação.

  Lamento que nossa legislação fiscal seja tão IRRACIONAL!

  


OBS: Em 2016 depois de muita meditação consegui elaborar uma boa sugestão para esse problema:





anterior                       <>                                próximo


-----------------------------------------------------------------------------------

Postar um comentário