domingo, 25 de junho de 2017

Fascismo

 Fascismo foi o nome dado a DITADURA de Mussolini na Itália.

  "Tudo dentro do Estado, nada contra o Estado, nada fora do Estado."
[Benito Mussolini]

  


 Não entendo porque essa palavra chegou com tanta força aos nossos dias! 😱

 Desafia qualquer lógica...

  Nazismo foi o nome dado a DITADURA de Hitler na Alemanha.

  Stalinismo foi o nome dado a DITADURA de Stalin na Rússia.
       

  COMUNISMO, no tempo de Hitler e Mussolini, passou a ser “sinônimo” de “Stalinismo”.

  A Rússia fez sua revolução Comunista em 1917 sob o comando de Lenin que morreu em 1924.
  Stalin assumiu com plenos poderes e podemos dizer que a Rússia "cresceu" para "países satélites".

  Comunismo/Rússia/Stalin
  ficou algo como
  Petismo/Corrupção /Lula

  Quando você ler que fascistas e nazistas combatiam comunistas entenda que:

  Fascistas e nazistas combatiam o avanço do domínio russo na Europa, combatiam o STALINISMO.



Você sabe o que é Fascismo?

  Fascismo é uma forma de radicalismo político autoritário nacionalista que ganhou destaque no início do século XX na Europa.

  Os fascistas procuravam unificar sua nação através de um ESTADO TOTALITÁRIO que promove a vigilância, um estado forte, a mobilização em massa da comunidade nacional, CONFIANDO EM UM PARTIDO de vanguarda para iniciar uma revolução e organizar a nação em princípios fascistas.

  Observem que o Fascismo prega uma Intervenção máxima do Estado, coisa radicalmente contraria ao pensamento de DIREITA que prega intervenção mínima do Estado.

  Fascistas e Nazistas permitiam a propriedade privada, mas por uma questão de praticidade.
  São movimentos que surgiram bem depois da Revolução Industrial ocorrida na Capitalista Inglaterra.
  A Revolução Industrial tornou a economia muito farta e complexa, a produção de bens e serviços multiplicou exponencialmente.

  Não dá para o ditador e sua equipe serem entendidos em tudo, da plantação de tomate até a fabricação de aviões.
  Colocar gente de “total confiança” em cada pequena empresa ficou impraticável.
  Estamos falando de grandes cidades não de algumas aldeias.

  Fascistas, Nazistas, Stalinista optaram por colocar gente de total confiança nas empresas que consideravam “estratégicas”.

  Todas as outras empresas/propriedades ficavam com “empreendedores.”
  Enquanto produziam e pagavam impostos não tinha problema.
  Mas se falassem contra o regime seus bens seriam confiscados, a empresa era fechada ou entregue a algum “patriota”.

  Assim, o controle de toda mídia era essencial, imprensa livre nem pensar.

  Também foi essencial criar grupos de repressão, espiões do Governo que se infiltravam nas comunidades e relatavam ações/comentários que questionavam o regime.

  Quando as nações capitalistas entram nessa “novela”?

  Resumindo ao mínimo possível...

  A França já era dominada por uma ideologia “esquerdista”.
  Eles praticamente capitularam diante do avanço nazista.

  O caldo entornou com os ingleses, esses tem raízes “capitalistas” muito profundas.
  Não queriam nada com Stalin, Hitler ou Mussolini.

  Os americanos se mantiveram distantes, o problema era da Europa.
  Winston Churchill pedia insistentemente ajuda, mas o Estados Unidos achavam melhor não se envolver ... politicamente.



  Empresarialmente os americanos se envolveram e muito.
  Seus cidadãos são livres, não havia uma política de Estado proibindo a IBM de ter negócios com os nazistas (só um exemplo entre tantos).

  O caldo entornou quando ocorreu o ataque japonês a Pearl Harbor.
  O ataque danificou ou destruiu 21 navios e 347 aviões, matando cerca de 2403 pessoas e ferindo outras 1178.






-------------------------------------------------------------------------------------------------





Postar um comentário