sábado, 1 de março de 2014

Para os Descontentes

  “A oposição é ineficiente na formulação de um discurso adequado às demandas dos brasileiros.”  [Folha]   
 $$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$                
  Eu não concordo com essa análise.

  Tá, a oposição não tem um nome de peso, mas um nome assim não surge da noite para o dia.
  Quantos anos Lula ficou tentando a presidência?
  Serra, Marina e Aécio também já estão há um bom tempo na política participando de campanhas.
   Na minha análise, mais uma vez a principal falha é do povo brasileiro como um todo, e isso é difícil mudar.
  Os adoradores de Lula e do PT estão na deles, com a certeza deles, e tem todo o direito...saudações democráticas.
   Já os brasileiros insatisfeitos com o Governo Petista ficam só demonizando Dilma e Lula sem se unir em torno de um nome para levar à presidência.
   As cartas já estão na mesa, tudo pode acontecer, até o planeta explodir semana que vem, mas o mais provável é que isso não aconteça.
  Quero dizer que os que querem mudança ficam esperando surgir alguém muiiito especial até as eleições e é pouco provável que isso aconteça.
  Sim, semana que vem Jesus Cristo pode voltar por entre as nuvens, mas é melhor não ficar contando com isso.
  Os descontentes ficam demonizando a Dilma, mas não apoiam nenhum outro candidato “possível” nessa altura do campeonato.
  Se eles acreditam que não tem ninguém melhor que a Dilma então porque o excesso de críticas!?
  Bem, os adoradores do PT diante de tanta agressão ficarão ainda mais certos de seus votos, esses não vão mudar.
  Os eleitores indecisos sem vislumbrar outra opção tendem a manter o governo que esta.
  Resumindo:
  O Governo está na dele de exaltar os seus.
  Os descontentes se limitam a satanizar o Governo sem apoiar nenhum nome.
  Se continuar assim realmente não há o que fazer, é torcer para que Dilma ou Lula mantenham o juízo e não façam loucuras “socialistas”.

  Só digo aos descontentes que a falta de inteligência compromete até a eleição de 2018.

  Com Dilma bem nas pesquisas e Lula dando as cartas nos bastidores não há razão para ele ser candidato agora, esse seria apenas um plano de emergência.
  O melhor é Dilma seguir até 2018 e passar a faixa para Lula que se a saúde permitir pode ser presidente por mais 8 anos.
  Essa falta de inteligência dos descontentes pode facilmente deixar o PT no poder até 2022 ou 2026.
  Como podem ver não há “um discurso” para a oposição fazer.
  Os descontentes não querem ouvir nada nem ninguém, apenas demonizam o PT e pregam o fim do Brasil e claro que isso não vai acontecer.
  O que irão conseguir é ficar chorando até 2026 como umas mariquinhas.
  Os cães ladram e a caravana passa.
________________________________

Outro grupo de descontentes fica pregando o voto nulo.

  “Ninguém na política presta, só quem está fora da política é divino e maravilhoso”.

  Segundo a fantasia deles se 50% +1 da população anular os votos outras eleições serão convocadas.
  Não conheço essa clausula da nossa legislação eleitoral o que é dito com clareza é que só os votos validos são computados, se apenas 30% dos votos forem validos são esses votos que elegerão os políticos.
  Mais ou menos como acontece no voto facultativo, se apenas 20% da população se interessar em votar e os outros 80% preferir lavar as mãos os políticos serão eleitos pelos 20% que foram votar.

  Quem vota define o resultado das eleições, é como se quem não votasse desse um procuração para quem votou, "eu concordo com o que vocês escolherem".

  Mas claro que essa vontade de alguns de que 50% +1 voto anulado, anule tambem a eleição pode ser levado ao Supremo, os ministros decidiriam sobre isso "caso" seja entendido que a Constituição deixou uma lacuna nessa questão.
  Mas para o texto ficar interessante vamos supor que existe essa lei, analisemos as consequências e vejam se gostam delas. [Eu não gosto]
======================
  Estamos em Outubro e 55% dos votos foram nulos.
  Primeiro entendam que como o voto é obrigatório esse resultado é muito difícil acontecer, temos os fanáticos partidários, temos os fanáticos por um político e temos aqueles que já que tem que votar escolhem alguém simpático a eles.
  Por enquanto os  candidatos são Dilma, Eduardo Campos e Aécio.
  De cara é muito difícil Dilma ter menos que 30% dos votos e Eduardo e Aécio conseguirem somados menos de 21%...também é difícil.

  Nessa simulação é interessante perceber que é muito mais fácil você convencer o indeciso votar em alguém do governo ou oposição que anular o voto

   No entanto vamos supor que as eleições sejam anuladas.
   Bem, se não queremos que os mesmos candidatos concorram, se não queremos que tenham mais uma chance de convencer o eleitor, teremos que criar uma lei para isso.
   Dilma, Aécio e Eduardo ficam impedidos de concorrer.
   Feito isso fica tudo bem? CLARO QUE NÃO!
   No lugar deles não vai entrar um Zé Ninguem, digamos que fique: Lula, Serra e Marina.
  Esse segundo grupo é muito melhor que o primeiro grupo?
  Acredito que não, então o que fazemos? Anulamos mais essa eleição.
  Tudo bem, vem um terceiro grupo: Mercadante, Geraldo e Heloisa Helena.
  Percebem o caos institucional?
  Como a Presidência não pode ficar vaga o mandato de Dilma vai sendo ampliado, chegaremos mais ou menos em outubro de 2015 sem um Presidente eleito.
  Cada eleição custa uma fortuna e como optamos pelo voto manual a apuração é demorada.
  As campanhas eleitorais atingirão somas astronômicas, nem vou me alongar.

  Não entendo porque esse convite ao caos é feito por tantos brasileiros e outros tantos estão dispostos a aceitar.

  Vamos aplicar um pouco de terapia da Logica?
  Votações manuais ou eletrônicas sempre estão sujeitas a fraudes todos devemos ficar vigilantes, um partido deve vigiar o outro, a imprensa e a população deve vigiar a todos.
  No geral as eleições no Brasil tem se mostrado confiáveis, não entendo o motivo de tanto alarmismo quanto ao uso da Urna Eletrônica.
  Em uma daquelas “argumentações” hilárias foi me dito que o Brasil não faz nada certo então porque só aqui a votação eletrônica é um sucesso?
  Caraca, o uso de etanol do jeito que ocorre no Brasil só acontece aqui e é um sucesso, aqui em casa temos carro e moto Flex e são muito satisfatórios.
  Graças ao PROER a crise que derrubou Bancos no mundo inteiro não afetou os nossos, temos uma “eletrônica bancaria” admirável, um grande sucesso.
  Atualmente a maior cervejaria do mundo é controlada por brasileiros, a InBev é nossa.
  A Vale é uma das maiores exportadoras de minério do mundo.
  Apesar dos pesares a Petrobrás é inegavelmente uma potência, com uma administração um pouco melhor faz frente a qualquer petrolífera do mundo.
  A Itaipu é genuinamente brasileira temos grandes construtoras aqui, o Paraguai na pratica apenas deu licença de uso das margens em seu território.

  Quero dizer que há muitas coisas que funcionam aqui a votação eletrônica é uma delas.

  O uso das urnas não tem comprometido o resultado das eleições.
  Você acha que a Dilma é melhor vote na Dilma defenda as atitudes politicas administrativas da Dilma convença outros a votar nela.
  Você esta descontente? Vote em outro candidato possível.
  Até abril serão aceitas alguma candidaturas, se você quer o Joaquim Barbosa o convença a se candidatar, quer um general do exército diga que vota nele.
  Quer que Marina seja a candidata, faça campanha em torno disso.
  No momento o que temos é Dilma, Aécio e Eduardo, CONCENTRE-SE NISSO.



 Ótima matéria do Mundo Tecno:

   A Índia começou a usar sua máquina de votação eletrônica pouco tempo depois, em 1999. O dispositivo é bastante simples, assemelhando-se a um teclado, onde cada tecla tem um símbolo que corresponde a um candidato (para facilitar a votação do quase 1/3 dos analfabetos do país). Assim como o Brasil, 100% da votação é hoje realizada usando este aparelho, mas pelo fato de ter maior quantidade de eleitores, ela se torna a maior votação eletrônica do mundo. Outros países como Venezuela, Estados Unidos e Holanda também usam parcialmente a urna eletrônica

“Mas existe quem seja mais avançado ainda. No Reino Unido, Estônia e Suíça os eleitores podem votar pela internet. Assim como nas eleições para prefeito no Canadá e nas eleições primárias nos Estados Unidos (em alguns estados). Nesses locais, o voto pode ser registrado até usando celular!

  Mas como funciona esse voto pela internet? Na Suíça, por exemplo, os eleitores recebem em casa uma senha para que possa acessar o sistema de voto. Já na Estônia, cada cidadão possui um cartão de identidade que possui um microchip que pode ser lido pelo computador e identificá-lo, permitindo acesso ao site de votação, funcionando como um certificado digital. Desta forma, eles podem votar em qualquer lugar do mundo em que estejam, sem precisar cadastramento ou burocracias, como as vistas aqui, onde quem está simplesmente fora de sua cidade não pode sequer votar para governador.”  Clique Aqui

  Mas seria interessante o STE dizer se ainda há tempo hábil para o voto em cédula.
  Se a maioria quer o voto manual e ainda dá tempo de fazer...façamos.
  Com tanto debate político e econômico necessário esse assunto da Urna toma um espaço muito importante, tumultua ainda mais o processo eleitoral e não importa quem ganhe sempre ficará sob suspeita.
  Eu particularmente observo até aqui um desempenho satisfatório do nosso processo eleitoral quanto ao uso das urnas eletrônicas, mas se a maioria é contra...que seja feita a vontade da maioria “se ainda der tempo”.

 Uma sugestão:

   A Urna emitir comprovantes para levarmos para casa acho muito perigoso, isso não acontece nem com as cédulas.
  O comprovante pode servir para venda de votos ou em regiões dominadas por “gangs” ser objeto de opressão.
  Se você não votou em quem o bandido mandou pode se arrepender amargamente, até correr risco de vida.

  Para dificultar fraudes, no momento do voto a urna emitiria um comprovante impresso onde poderíamos verificar se confere com o que optamos.

  Depois de conferido depositaríamos em uma urna caso seja necessária uma investigação futura.

  Saudações Democráticas!

anterior         <>              próximo

Postar um comentário