quarta-feira, 12 de março de 2014

Por que você não se candidata?

  “O meu ideal político é a democracia, para que todo o homem seja respeitado como indivíduo e nenhum venerado.”  [Albert Einstein]
$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$
  O titulo do texto é uma pergunta que tenho feito a vários comentaristas do Google+.
  Fundar um partido é bem complicado para o cidadão "comum" no sentido de pouco conhecido.

Requerimento:
  O requerimento do registro de partido político deve ser encaminhado a um
cartório do Registro Civil das Pessoas Jurídicas, em Brasília. O documento precisa estar assinado por pelo menos 101 fundadores com domicílios eleitorais distribuídos em, no mínimo, nove Estados.


Assinaturas:
  Já com personalidade jurídica, o partido começa o recolhimento de assinaturas de apoiamento de eleitores. A quantidade mínima de assinaturas necessárias corresponde a 0,5% dos votos válidos dados na última eleição para a Câmara dos Deputados, o que, nos cálculos de hoje, equivalem a cerca de 490 mil assinaturas. O apoiamento de cada eleitor deve ser recolhido em pelo menos nove Estados e deve corresponder a, no mínimo, 10% do eleitorado de cada uma das unidades da federação escolhidas.  [Terra]  Clique Aqui

  Mas se já existe tantos partidos, qual a real necessidade de criar mais um!?
  No entanto se você tem cacife para isso...faça!
  Para um líder sindical não é muito difícil, para um pastor tipo RR Soares também não, eles tem sedes espalhadas pelo Brasil inteiro o que é de grande ajuda.
  A Marina teve quase 20 milhões de votos pelo PV e como ficou conhecida no Brasil inteiro está perto de fundar um novo partido, a Rede.
  Perceba que não é só uma questão de dinheiro, você tem que participar de algo que lhe proporcione algum alcance Nacional.

  Para concorrer por um partido já existente é mais acessível, tudo depende da sua capacidade para conseguir votos.
  De acordo com essa aceitação popular e apoio dos líderes do partido você pode tentar de Vereador até Presidente, o dinheiro da iniciativa privada chega de acordo com suas chances de vitória.
  Claro que tem aquele empresário que gosta de um candidato, empresários não são robôs alienígenas, Abílio Diniz, por exemplo, já declarou grande simpatia por Lula.
  Mas no geral os empresários fazem suas apostas, os dois ou três melhores colocados recebem o grosso das doações.

  Eu particularmente sou contra a contribuição de pessoa Jurídica, isso deve ser proibido.

  O empresário é um cidadão, sua empresa não.
  Pensem na Vale que é uma sociedade anônima, você tem ações da Vale e quer votar na Dilma, mas o Diretor Presidente decide contribuir com a campanha de Eduardo Campos.
  Caraca, o apoio financeiro de uma empresa desse porte é significativo, você é um cidadão acionista e tem que engolir a empresa apoiando outro candidato!?
  É a "Empresa Vale" que vai usar o SUS ou o transporte público?
  Se o Diretor quiser tirar do próprio salário para ajudar alguma campanha...tudo bem, ele como cidadão tem esse direito; agora usar o dinheiro da Empresa... dá um nó na minha mente.
  Mas não é por essa brecha que quero flutuar hoje, fica para outra ocasião.
========================
   "Para concorrer a cargo eletivo, o eleitor deverá estar filiado ao respectivo partido pelo menos um ano antes da data fixada para as eleições majoritárias ou proporcionais. Caso tenha havido fusão ou incorporação de partido após essa data, considera-se o prazo de filiação no partido de origem. O partido, se quiser, pode ampliar esse prazo por intermédio de seu estatuto, mas nunca diminuí-lo. A ampliação do prazo de filiação pelo próprio partido não pode ser realizada em ano eleitoral."  Clique Aqui

  Caso você simpatize com algum partido não precisa concordar com 100% do estatuto.
  Se você tiver uma tendência a ideologia Comunista/Socialista não falta partido para você se filiar.
  Se você tiver uma tendência ao Capitalismo/Liberalismo fica bem mais complicado, todos os partidos no Brasil defendem uma forte intervenção do Estado na economia exatamente como acontece hoje.

  Falam que o Sarney é de “direita”, mas quando ele foi Presidente congelou com o poder do Estado todos os preços, quando alguém adepto do liberalismo econômico faria isso!?

  O Brasil nunca teve um Governo Liberal de fato, nem no regime militar.

  Não se esqueça que os fundadores do PT e PSDB são todos de esquerda.

  Veja o PSDB que eles dizem ser de direita: Partido da "Social" Democracia Brasileira.
  "Social" é só um eufemismo para Socialista e "Democracia"...todo partido Comunista diz lutar pela Democracia, mas a primeira coisa que faz é calar ou tentar calar a imprensa, sempre que conseguiram estabeleceram uma ditadura.
  Lembram o que o Serra fez com a lei antitabagismo?
  É uma lei importante, mas proibir até o “proprietário” de um estabelecimento permitir cigarro em sua PROPRIEDADE é um exagero.
  Mesmo que o cara estabeleça uma área para não fumante ele é proibido por lei!!
  É uma intervenção do Estado SEM LIMITE, o que mais Serra faria?

  Tivemos muita sorte de ter um Pedro Malan e mais tarde o Henrique Meireles.
  Mérito de FHC e Lula por optarem por gente um pouco mais "ajuizada".
  A Dilma optou pelo Mantega e foi um grande passo atrás.

  Mas voltando a essência desse texto, você já deve ter entendido que é muito difícil se eleger [ter sucesso] para qualquer coisa e isso não é só na política.
  Porque você não é Diretor na Empresa que você trabalha?
  Porque você não presta concurso público e se classifica para um bom emprego?
  Porque você não conquista fácil o homem que ama e se casa com ele?
  É fácil depois de ralar muito em um curso técnico ou faculdade conseguir o emprego dos seus sonhos?

  Sabe, tem coisas que caem meio que do céu, a vida te leva por boas situações, mas isso não acontece na maioria das vezes com a maioria das pessoas.
  Quem consegue se eleger por sorte ou competência merece RESPEITO.
  Se consegue se eleger com práticas criminosas PRECISA SER PRESO.

  É justo que alguém mais inteligente tenha uma qualidade de vida melhor?

  Bem, Geraldo Alckmin conseguiu ser muito mais eficiente que eu, ele ganhou no primeiro turno a eleição para Governador em SP, sem dúvida nenhuma é um feito para poucos, seu nome ficará na história.
  Um cidadão desse merece muito respeito [não confundir com idolatria], merece ganhar bem e ter muitas mordomias, mas em nenhum momento ficar ACIMA DA LEI.
  Vejo vários posts endeusando os militares, eu servi o exército e uma coisa importante lá é o RESPEITO A HIERARQUIA.
  As insígnias são um símbolo de poder que deve ser respeitado, é uma prova de valor de quem as tem independente de quem seja.
  É uma vergonha o cidadão vaiar um Presidente da República, é o cargo mais importante de um país, a maior INSÍGNIA.

  Aqui há uma falta de respeito constrangedor com políticos legitimamente eleitos, coisa de SELVAGENS.

 Humm...está muito difícil parar de escrever esse texto, mas não quero escrever uma segunda parte, vou forçar o desligamento, não repare a brusca mudança de rumo
=====================
  Perfeito ninguém é, mas você já deve ter visto ou vivido a situação em que a esposa [esposo ou namorado] é muito legal, honesta, trabalhadora, boa aparência e o cara a traí com outra visivelmente “menos eficiente/inteligente”, de pior qualidade.
  Tá, eu entendo que minha esposa possa se apaixonar por outro, se for um cara igual ou melhor que eu, é duro mais aceitável.
  Se for alguém que deixa muito a desejar em termos de um bom cidadão será muito, muito decepcionante, até porque é um cidadão que passará a conviver com minhas filhas, um sujeito que não demonstra ser muito digno de confiança.

  “Juro que farei deste país uma democracia”
 [Ao tomar posse, em 15 de março de 1979.]

“Prefiro cheiro de cavalo do que cheiro de povo.”

 “Não posso obrigar o povo a gostar de mim. Sou o que sou, não vou mudar para que o povo goste.”

 “Se ganhasse salário mínimo, eu dava um tiro no coco.”

“Eu não disse que fazia? Eu não disse que fazia?”
[Ao assinar a Lei da Anistia, em 27 de junho de 1979.]

"Peço ao povo que me esqueça"       


  Eu já chorei muito lendo, ler me transporta para outro mundo, é como se eu entrasse em uma realidade “livral”, me livro desse mundo e sou sugado pela história.
  No tempo que li muito a Bíblia passei até a falar aqueles pouco usados tempos verbais.
 Professores me falaram muito mal de Figueiredo, a mídia falava muito mal de Figueiredo...eu cresci tendo um certo desprezo gratuito por esse indivíduo.
  Na escola enfatizavam muito a frase que eu deixei em vermelho, era essa a imagem limitada que eu tinha dele, um homem que desprezava o povo, preferia cavalos e por isso era também desprezado.
  Ao ler e pesquisar a atuação desse homem, eu me senti péssimo, foi como a história sobre Saul...clique aqui        
  Me coloquei no lugar dele e chorei várias vezes, foi como aquela mulher honesta, trabalhadora, que ama o marido [povo], sendo deixada de lado por outra que não tem metade do seu bom caráter [marxistas].
  Como posso condenar o desprezo que essa mulher passa a sentir pelo marido!?

  Vamos dar um pulo para 2006, imagine você sendo um político honesto e trabalhador, se esforçando para honrar a confiança do povo e é sempre desprezado, desrespeitado, vaiado, sempre tratado como lixo por conseguir uma coisa difícil que é se eleger para um cargo importante, que deveria ser admirado, fonte de orgulho pessoal pelo feito.
  “Olhem o nobre vereador Pedro José.”

  Daí você vê aquele político arrogante e sabidamente corrupto ser eleito, e mais que isso ocupar a presidência de importantes “comissões” na Câmara e no Senado, você vê o cara chegar a Prefeito ou Governador com ampla margem de votos.
  Sei lá, você pode ser uma alma muito iluminada e levar tudo isso numa boa, mas por outro lado já que o povo age como mulher de malandro então vamos descer o cacete nele, tentar se associar a quadrilha.

  Figueiredo não foi uma alma iluminada, sua alegria ao aprovar a Lei da Anistia foi substituída por uma tristeza profunda ao ver que o povo não entendeu todo sacrifício que foi feito por ele.

  Os marxistas foram recebidos como “heróis de uma revolução pela democracia”.
  Quer dizer, Figueiredo faz todo o trabalho pesado e quem fica com a mocinha são os “guerrilheiros”.  
  Figueiredo morreu muito amargurado, lembram que Saul se suicidou?
  Quatro meses antes de morrer Figueiredo deu uma entrevista onde mostrava toda sua amargura, e só reforçou o estereótipo que faziam dele.
  É senhoras e senhores, tratamos generalizadamente políticos como lixo e depois estranhamos quando mesmo os que confiávamos começam a nos tratar com descaso, desprezo, preferir até o cheiro de cavalo que de povo...
  Eleja alguém trabalhador, honesto, dê suporte político a esse cara, o prestigie, conte seus feitos.
  Afaste os malandros, aqueles que visivelmente traem nossa confiança.
  RESPEITE PARA MERECER SER RESPEITADO!
 [Não limite esse pensamento a política tenha como uma conduta de vida, um forte abraço!]


  “Havelange, você conhece uma favela do Rio de Janeiro? Você conhece a seca do nordeste? Você conhece os números da pobreza no Brasil? Com essa realidade, você acha que eu vou gastar dinheiro com estádio de futebol? Não vou! E, enfie essa tal de Copa do Mundo no buraco que você quiser, que eu não vou fazer nenhuma coisa destas no Brasil!"  Clique Aqui


  Entrevista concedida ao jornal O Globo, 4 meses antes de falecer e publicada em outubro de 1999:

“É um vagabundo sem vergonha.”
- Sobre o cantor, compositor e diplomata Vinícius de Moraes.  Clique aqui

“A solução para as favelas é jogar uma bomba atômica.”
- Sobre a situação das favelas no Rio de Janeiro.

“Eu cheguei e as baianas já vieram me abraçando. Ficou um cheiro insuportável, cheguei no hotel tomei 3, 5, 7 banhos e aquele cheiro de preto não saía.”
- Sobre a sua visita à Salvador na ocasião visitando o Senhor do Bonfim.



anterior         <>              próximo
Postar um comentário