terça-feira, 22 de março de 2016

Dominar o Mundo

 “Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura.
  Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado.”
[Jesus em Marcos 16:15,16]

  Os evangélicos querem dominar o mundo e (segundo a Bíblia) tem a benção de Jesus para isso.
  A princípio parece algo que denigre os evangélicos, mas tentem decifrar esse enigma comigo:

  Existe alguma ideologia que não queira dominar o mundo?
 “Decifra-me ou te Devoro!”
________________________________________________
________________________________________________
  “As pessoas podem ser consideradas como combustível para o mercado, mas isso não quer dizer que sejam o mercado, muito menos que estejam no controle do Mercado.” [Comentarista no G+]
▬▬▬▬
  Existe Mercado Consumidor ou Produtor sem pessoas?
  Quem está no controle dos Governos de qualquer tipo e empresas de qualquer tipo não são pessoas?

  Eu francamente não sei como indivíduos constroem mentalmente essa situação onde eles não fazem parte do Mercado, são todos excluídos!
  Eu vou na direção oposta, não consigo me excluir do Mercado.
  Antes de trabalhar eu consumia bem pouco é verdade, minha infância foi muito pobre, mas alguma coisa eu consumia.
  Eu dava algum gasto para meu pai e minha mãe.

  Quando passei a trabalhar comecei a produzir e por receber algum capital consumia mais.
  Lógico que sou uma gota no oceano, mas como posso argumentar que não faço parte desse oceano?

  Ninguém individualmente é o Mercado.

  Os homens mais ricos do mundo só são ricos porque pessoas consomem seus produtos e outras pessoas ajudam na fabricação ou prestação do serviço.
  Se você produz ou consome algum bem ou serviço, você faz parte do mercado.
  Pense em um mendigo/morador de rua.
  Mesmo que ele se alimente mal, alguma coisa ele come.
  Essa comida alguém produziu, a agua que ele bebe alguém paga para ela ser extraída e tratada, se ele ingere bebida alcoólica ou fuma ... bebidas e cigarros são produtos industrializados.
  A esmola dada ao mendigo, alguém trabalhou para conseguir o dinheiro, alguém produziu bens ou realizou serviços para conseguir capital/dinheiro.

  Ter que explicar o óbvio é entediante vamos para uma provocação mais desafiadora.

  A maioria das teorias da conspiração pregam que alguém ou um grupo quer dominar o mundo.

  Querer ... qualquer um pode querer qualquer coisa.
  Na história da humanidade impérios se formaram com esse intuito de um povo dominar todos os outros.
  Quando a população na Terra era pequena isso era bem mais fácil.
  O povo que desenvolvesse uma tecnologia/estratégia de guerra mais eficiente podia invadir e escravizar outros povos ... caso seu líder tivesse esse interesse.

   Gengiskan, Alexandre o Grande, Júlio César, Maomé. ..

  Todos os impérios foram crescendo em território até que ficassem impossíveis de serem administrados sem algum racha.

  Com a população da terra crescendo ficou cada vez mais difícil desenvolver e manter impérios.
  Em tempos mais recentes Hitler foi o último a tentar dominar o mundo.
  Mas lembre-se que ele estava em aliança com Japão e Itália.

  “A Alemanha nazista e o Japão daquela época tinham algumas semelhanças entre si: o militarismo, o fato de que ambos eram ditaduras nacionalistas, o expansionismo e o desprezo pelos povos que consideravam inferiores.
  Ao mesmo tempo em que Hitler pregava que os alemães eram uma "raça superior" e que os poloneses, por exemplo, deveriam ser escravizados porque seriam, na visão dele, "preguiçosos", os líderes militares japoneses obrigaram civis chineses e coreanos a executarem trabalho escravo.” [Uol]

  “Em setembro de 1923, Mussolini propôs ao chanceler alemão Gustav Stresemann uma "política em comum", buscando apoio militar alemão contra uma potencial intervenção militar francesa na disputa diplomática que a Itália possuía com a Iugoslávia por Fiume.
  Mussolini via na Alemanha nacionalista um aliado essencial para uma guerra contra a França, sustentando-se no iminente desejo de vingança dos alemães perante os franceses.
  Desde a década de 1920 a Itália considerava o ano de 1935 uma data crucial para uma guerra contra os franceses, pois era nesse ano que as obrigações da Alemanha com o Tratado de Versalhes estavam programadas para expirar.” [Wikipédia]


  Caso Hitler saísse vitorioso, como essa situação Alemanha/Japão/Itália iria se acomodar não sabemos.
  Eu aposto que Hitler mataria Mussolini e anexaria a Itália como fez com a França e pretendia fazer com a Rússia.

  Quanto ao Japão, por meios convencionais Hitler não conseguiria derrotar os japoneses, teria que dividir o mundo com eles.
  No entanto lembrem-se que Albert Einstein foi quem avisou aos americanos que a Alemanha Nazista tinha começado a desenvolver a bomba nuclear.
  A sorte da humanidade foi que os americanos desenvolveram a bomba primeiro depois de um esforço monumental.
  Se Hitler chegasse primeiro a Bomba atômica, não hesitaria em usa-la contra o Japão e derrotaria os japonese igual os Aliados fizeram.
  Em tempos modernos Hitler foi sem dúvida o que chegou mais perto de dominar o mundo, bastaria ter chegado primeiro ao artefato nuclear.
  A ironia é que cientistas judeus foram essências para o desenvolvimento da Bomba.
  Se Hitler tivesse se unido aos judeus ao invés de perssegui-los ...
  Mas esse seria um outro texto...
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  Depois da Revolução Industrial a população cresceu tanto que que ficou difícil até manter colônias.
  De 1900 a 2000 todas se tornaram independentes ou autônomas.

  Como militarmente está bem claro que nenhuma nação consegue dominar o mundo as teorias conspiratórias mudaram para guerras comerciais/empresariais.

  A IBM iria dominar o mundo mas não dominou.
  A Microsoft iria dominar o mundo mas não dominou
  A Apple iria dominar o mundo mas não dominou
  Quais são as próximas apostas? Face e Google.

  A indústria petrolífera iria dominar o mundo, mas as energias alternativas estão avançando tanto que poucos ainda fazem essa aposta.

  Atualmente a grande aposta de alguns grupos a nível mundial [não estou falando só do Brasil] é:

  Grandes empresários comprarem políticos.

  Essa seria a atual maneira de dominar o Mundo?
  Isso não tem dado muito certo por motivos óbvios.
  Temos inúmeros conglomerados e é impossível que todos tenham interesses convergentes.
  Sem contar que depois que assumem os cargos os políticos ficam muito poderosos, não tem como serem totalmente controlados.
  Em países mais sérios as instituições vão se fortalecendo dificultando favorecimentos ilícitos.

  E como se não bastasse tudo isso temos o maior complicador de todos o eleitor.

  O comportamento da massa e imprevisível.
  O que leva um cidadão ganhar muitos votos e outro não?
  Isso não é só em política, mas em todos os meios de qualquer condição social ou cultura.
  Pessoas pagam caríssimo por uma quadro do Pablo Picasso enquanto para eu não tem valor algum, em uma terra de “willians” ele jamais faria sucesso.
  Se eu ganhasse um quadro do Picasso iria vender o mais rápido possível pelo maior preço.
  Preferia deixar o dinheiro na poupança para adquirir algo útil ou guardar para velhice.
  Colocar um daqueles mostrengos em algum cômodo da minha casa nem pensar.

  E música?
  “Ai se eu te pego” fez sucesso mundial é o tipo de música que acho até animadinha, mas nos primeiros acordes já mudo a estação caso esteja tocando no rádio, em meu MP3 nem pensar...

  Eu gosto da cantora Patrícia Marx ♫♫♫♫, sua voz e estilo musical me são agradáveis, no entanto são cantoras como a Anita e Valesca Popozuda que fazem sucesso.

  “Anitta passou a cobrar menos por shows: se em novembro passado cobrava R$ 100 mil, agora a mulher eleita a mais sexy de 2015 pede R$ 70 mil.” [purepeople]

  “Em outra entrevista, você (Patrícia Marx) disse que só conseguiu fazer três shows este ano, e que seu cachê é de R$ 15 mil, soma que ainda divide com sua banda. Se você acredita que o problema não é o valor, qual a desculpa que mais ouve quando tenta marcar alguma apresentação e não consegue?” [Globo]

  Você pode acreditar que para fazer sucesso atualmente é melhor seguir o estilo da Anitta, mas se navegar pela internet verá centenas de cantoras com o mesmo estilo e que não fazem sucesso.

  Quero dizer que você pode pegar uma cantora bonita, talentosa, investir milhões, tocar o estilo musical da moda e isso não é nenhuma garantia de retorno.

  Com políticos é a mesma coisa, dinheiro não basta para eleger alguém.
  Sem dúvida nenhuma melhora muito as chances, mas é sempre uma aposta arriscada.
  Primeiro se vai conseguir eleger o político e segundo quanto controle terá sobre ele.
  Dominar o mundo através da política?
  Essa é uma aposta que eu não faço. 
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
 Depois de ler esse texto espero que você não entre mais nessa paranoia que algum grupo possa dominar o mundo.

  Tentar todos podem.
  Se houvesse um meio de levar meus textos para cada cidadão de Terra e que eles servissem de referência para qualquer decisão a ser tomada seria maravilhoso, claro que eu queria que minhas idéias “dominassem” o mundo.

  Vejam o caso dos Estados Unidos, sem dúvida tem um exército poderoso e sua influência cultural é algo maior do que muitos percebem.
  Os filmes hollywoodianos passam no mundo inteiro [até onde são proibidos] e claro que isso tem um enorme impacto em outros povos.

  Um grupo econômico ou ideológico poderia tentar dominar os Estados Unidos e com isso dominar o mundo?

  Tentar até pode e não duvido que muitos estejam tentando.

  Vamos supor que algum grupo está por trás de Donald Trump (só um exemplo) e ele seja eleito presidente.
  Vamos além, esse grupo elegeu a grande maioria dos políticos no congresso americano, um feito notável sem precedentes na história, e agora?
  E agora se encerra aí.
  Os Estados Unidos estão longe de ser uma unanimidade boa no mundo.
  Aqui no Brasil passeando pela Internet só vejo meus textos os exaltando.
  A maioria dos brasileiros é indiferente ao Estados Unidos ou o demoniza.
  Americanos têm um fabuloso exército mas quais as chances deles contra o mundo?
  Com tantas armas nucleares não tem como haver um vencedor é mais provável a destruição do planeta.

  Em resumo ...  não se assuste quando algum grupo disser que quer dominar o mundo.
  Se for igual o Face e o Google que agem dentro da legalidade e oferecem bons produtos vamos ver até onde conseguem ir.
  Se for algo ilegal ou nefasto como o Estado islâmico naturalmente fomentará a antipatia de tantos que será combatido a altura.
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  Li inúmeras vezes na Internet que o PT tem um projeto de Poder.

  E daí!?
  Qual partido político não tem o projeto de chegar ao poder e permanecer nele?
  O que temos que nos preocupar é com os meios utilizados para qualquer partido se manter no poder e sua competência administrativa.
  Qual o problema em a Odebrecht querer ser a maior construtora da América Latina?
  Se tudo é feito de maneira ética e licita não vejo nenhum problema, seria um “orgulho” para nós brasileiros termos empresários tão competentes em nossas terras.
  Mas se a empresa usa de práticas reprováveis, cada vez mais gente se volta contra ela.

  A Inbev é uma empresa controlada por brasileiros, uma das maiores cervejarias do mundo, nada nem ninguém é “santo”, mas até onde sabemos é uma empresa que se mantem dentro do aceitável e quando pratica alguma ilegalidade é punida como qualquer outra.

  Toda Multinacional tenta dominar o Mundo:

  “Como uma desconhecida empresa italiana controla o mercado global de óculos escuros.” [BBC]

  Não sei qual será o próximo Presidente do Brasil, nem qual partido sairá fortalecido depois de tanta crise.
  Mas de certo esse partido terá um projeto de poder e de se manter no poder.
  Não vejo problema nisso.
  Se o partido promover uma prosperidade sustentável de maneira transparente e ética por mim pode ficar no poder por 100 anos.
  Minha análise histórica aponta que o poder corrompe.
  De 10 a 20 anos os líderes dos partidos começam a se sentir acima das leis e é recomendável o eleitor fazer um rodizio.
  É evidente que se irregularidades ou incompetências forem visíveis logo nos primeiros 4 anos ... porque persistir no erro!?

  A Democracia não impede que um idiota chegue ao poder, mas possibilita que a maioria o tire do lá.

  Não existe povo inocente, existe povo que não assume suas responsabilidades.
  Essa lógica entra em sua mente?



  “REPUBLICANOS CONSEGUIRÃO DETER O PESADELO DONALD TRUMP?” [UOL]
▬▬▬▬▬▬
  Por falta de coisa melhor eu apoio Trump.
  Ele é meio o Bolsonaro dos Estados Unidos.
  Eu queria que o próximo presidente fosse Michael Bloomberg, um capitalista muito eficiente, mas parece que não será dessa vez.
  Trump parece ser o mais consciente de quanto culturas estrangeiras estão afetando negativamente os Estados Unidos.

  PRECISAMOS INCENTIVAR QUE CADA POVO CUIDE MELHOR DO PRÓPRIO PAÍS.

  Essa coisa de votar em corruptos, apostar no Socialismo e depois correr para países capitalistas (com leis mais duras e menos impunidade) tem que acabar.

  Quer votar em Maluf, Tiririca, Lula, Renan, Cunha ... tudo bem.
  O que americanos, ingleses ou alemães tem a ver com nossas escolhas!?

  Só não venha para França se dizer discriminado ou se explodir em terras cristãs.

   Se Donald Trump ganhar ficarei satisfeito.



Anterior          <>        Próximo

Postar um comentário