domingo, 2 de fevereiro de 2014

Vizinhos Indesejáveis

  “Infelizmente há um consenso na população que a cidade grande tem obrigação de acolher a todos construindo casas e cedendo terrenos.”     Clique Aqui
$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$
  A Psicologia não é uma ciência, é uma doutrina por isso raramente a uso para analisar o comportamento humano.

  Gosto da neurociência e estatística, essas sim são boas ferramentas para analisar o comportamento humano.
  Estatisticamente foi observado que a maioria das pessoas tende a manter limpo um ambiente que já esta limpo.
  Por outro lado a maioria não se importa em sujar mais um ambiente que já esta sujo.
  Em um local com muitos papéis no chão você joga o papel da sua bala sem pensar no que esta fazendo...sujando ainda mais o ambiente.

  “Todo mundo jogou lixo no chão eu também vou jogar” ou
  “Ninguém jogou papel no chão não sou eu que vou jogar.”

  E temos as exceções.
  Aquelas pessoas que nem ligam se o ambiente esta limpo, elas jogam o papel no chão e o faxineiro que varra depois.
  Ou, aquelas que mesmo o ambiente estando sujo não contribuem sujando ainda mais, guardam o papel até encontrar um cesto de lixo.
====================  
  Em um terreno que não tem barracos dificilmente alguém sozinho irá construir um.
  Percebam que as invasões sempre são organizadas em bandos, várias pessoas invadem ao mesmo tempo.
  E depois que surgem alguns barracos:

  “Se estão construindo barracos naquele local eu irei construir também.”

  No geral os políticos fazem sim o que o povo quer, é o povo que tem que querer melhor.

  A população em geral não denuncia invasões, vê uma favela nascer em seu bairro e fica calada.

  Se o proprietário do terreno não se manifestar, a população em volta até ajuda os invasores de alguma forma.
  Oras, todo mundo sabe da desvalorização que qualquer imóvel sofre tendo como vizinhança uma área invadida.
  Claro que a maioria dos que invadem terreno não são ladrões e assassinos, mas os labirintos formados pelos barracos são sempre um ótimo esconderijo para marginais.
 Pense bem, eu sou um criminoso e alguém fornece meu endereço, como é um endereço devidamente legalizado ele esta nos mapas da cidade, a justiça caso esteja a minha procura encontra fácil.
  Se eu moro em um entre 100 barracos dentro de área de invasão...tudo fica bem mais complicado.
  Quando roubaram o Ipad da minha filha sua última localização rastreada foi no Jardim São José [o aparelho tem um rastreador de localização].
  Acontece que como conhecemos Campinas o rastreador nos deu a última localização “legalizada”, sabemos que o entorno do São José tem áreas de invasão e quem é louco de entrar lá para resgatar alguma coisa?
  Você é sempre muito solidário com os pobres invasores e nem pensa em todo tipo de complicação que esse tipo de vizinhança trará para sua vida.
  O Bairro São José é desvalorizado não por causa do bairro em si que é bem estruturado, mas por causa do entorno.
========================
  Se você denunciasse mais e cobrasse providencias de certo a Prefeitura te ouviria, é enrosco para eles também.
  Hoje em dia se o Prefeito toma uma atitude mais enérgica chamando a tropa de choque é tido como um tirano.
  O Prefeito perde votos e nenhum político quer perder votos.
  É até irritante quando vejo invasores com aquele discursinho pronto:

  “Agente é honesto quer pagar pelo terreno, ninguém qué nada de graça.”

  O cidadão mal ganha para o sustento e ainda tem filhos, vai pagar como?
  Não sei e nem vou pesquisar preços de mercado, mas aqui em Campinas acho impossível você construir uma casa de 2 quartos, sala, cozinha e banheiro por menos de 100 mil.
  Só o terreno já custará uns 30 mil.
  Vamos fazer uma conta simples:
  Suponhamos que esse cidadão consiga pagar 200 reais por mês de prestação:
  100.000 dividido por 200 dá um total de 500 prestações.
  Cada ano tem 12 meses então:
  500 prestações dividido por 12 = 41 anos.
  Se "tudo" der certo ele quita a divida em 41 anos!!

  Vejam bem que não estamos nem colocando os juros.

  Eu não duvido que a maioria tenha vontade de pagar, acontece que só ter vontade NÃO É O SUFICIENTE.
========================
  É evidente que esse pessoal no geral não são nossos indivíduos mais notáveis, aqueles que estudam, planejam um futuro.
  No geral não estudam muito e viram pais cedo, o que esperar dessa gente!
  Sem dúvida nenhuma com relação as invasões a prioridade de qualquer cidadão deveria ser denunciar construção de barracos e não permitir que favelas nasçam ou cresçam em seu bairro.
  As que já estão aí vamos urbanizar, não adianta chorar o leite derramado apenas acho LÓGICO evitar que mais leite derrame.

  A punição que os bons sofrem, quando se recusam a agir, é viver sob o governo dos maus (ou irresponsáveis). [Platão/William]
Se invadir é seu "todos tem direito a casa própria", os moradores das casas acham justo invasões, a culpa é do Governo que não dá casa para todos.

anterior         <>              próximo
Postar um comentário