domingo, 18 de janeiro de 2015

Você sabe se é Hipócrita?

  “Foge por um instante do homem irado, mas foge sempre do hipócrita.”  
[Confúcio]


  Estava assistindo Danilo Gentilli, o entrevistado era um ator que está fazendo o papel de Tim Maia jovem em um filme que romantiza sua biografia.
  O ator disse que já era fã de Tim e agora que pesquisou melhor sua vida ficou mais fã ainda.
  Danilo perguntou se certas passagens da vida de Tim não decepcionaram o ator, ele foi categórico em dizer que não e deu o exemplo que me provocou a escrever esse texto.

  Tim maia foi contratado por uma casa noturna e pediu ingressos para dar a familiares e amigos.
  Durante a apresentação Tim do palco tentou localizar seus amigos e os viu nas últimas fileiras.
  No outro dia simplesmente não foi se apresentar na casa de shows.
  O dono apreensivo entrou em contato com Tim e o motivo era que o cantor queria seus amigos na primeira fileira.
  O dono deu novos ingressos a Tim dessa vez na primeira fileira.
  Tim distribuiu esses ingressos a prostitutas e moradores de rua “deixando a burguesia mais para o fundo”. 
[Segundo me lembro da narrativa do ator.]

  O ator ficou mais fã de Tim ao saber desse comportamento “genial” !?
  A platéia do programa foi no embalo e aprovou.
  Danilo Gentilli aparentemente achou legal, Tim foi um artista “corajoso.”

  Vamos como Livre Pensadores analisar a situação?

  Tim pediu alguns ingressos ao dono da casa de show, deduzimos que isso não fazia parte do contrato foi uma gentileza.
  Sei lá, se eu ganho ingressos de um show não me incomodo em sentar nas últimas fileiras. Foi de graça!
  Mas se sentar em algum lugar é tão importante para mim, me informo primeiro e se não for satisfatório prefiro pagar se for o caso.
  Qualquer casa de show mesmo nos últimos lugares tem visibilidade satisfatória, ou não seria cobrado ingressos para esses lugares.
  O “genial” Tim não poderia conversar com o dono sobre a sua insatisfação?
  Simplesmente no outro dia não foi trabalhar sem se preocupar com o público que comprou ingressos, você acharia justo ou genial que isso tivesse ocorrido com você?
  Qual sua culpa enquanto consumidor se no dia anterior o dono não foi tão gentil quanto a divindade Tim Maia esperava que ele fosse.

  Me parece que Tim se aproveitava do talento que tinha para impor sua vontade as pessoas.

  Entendam que não era um show de caridade Tim cantaria em troca de dinheiro e esse dinheiro não era da lei Rouanet era do PÚBLICO BURGUÊS PAGANTE.

  Mesmo que fosse show de caridade ou pago pelo dinheiro dos impostos, isso isenta alguém de cumprir com o que foi acordado?

  Se coloque no lugar de quem pagou caro ou chegou cedo para ficar em um bom lugar e foi deixado de lado em favor de prostitutas e moradores de rua simplesmente por uma birrinhas da divindade Tim maia.
  Não é estranho, você trabalha, ganha seu dinheiro, decide assistir o show de um artista que você gosta e é discriminado por isso!

  Entenda que não estou pregando nenhuma discriminação a prostitutas e moradores de rua eles ganharam o ingresso e aproveitaram a oportunidade estou questionado a discriminação ao que entendemos como burguesia.

  Você trabalha em uma fábrica ou comércio e ganha 1500 reais por mês [pela tabela do nosso Governo você é classe média alta] compra ingresso para um show e isso o torna desprezível se comparado a prostitutas e moradores de rua?
  Tá, tá, tá você vem com aquele “argumento” que somos todos iguais e que não há diferença entre o morador de rua, a prostituta e o trabalhador assalariado.
  Sim, somos todos humanos, bebemos agua, respiramos oxigênio, devemos respeitar as leis da nação, temos direitos e deveres como cidadãos...

  Devemos limitar nosso pensamento sobre “igualdade” apenas a essas variáveis? VOCÊ faz isso?

  Vamos verificar se você não é um hipócrita sem consciência de sua hipocrisia...isso acontece muito.

  Minhas filhas sempre serão minhas filhas independentemente de qualquer coisa, mas confesso que seria muito desagradável ver uma delas moradora de rua ou prostituta.
  Seria extremamente agradável ver elas trabalhando e ganhando seu dinheiro como “proletárias” e quem sabe algum dia “proprietárias” de alguma empresa de sucesso.

  Para você não faz nenhuma diferença sua filha se prostituir ou se viciar em qualquer coisa e passar a morar na rua?
  Ela em um emprego “normal” ganhando dois salários...isso sim seria algo para coloca-la nas últimas fileiras do show da vida?
  Você percebe ao menos que já está fazendo uma diferenciação?
  Alguém tem que ficar nas últimas fileiras e isso deve se restringir “aos burgueses”.

  Quem os “burgueses” pensam que são, só porque PAGARAM o melhor lugar acreditam que tem direito a ele?

  Eu defendo que quem paga por algo que está legalmente a venda tem direito ao que comprou. 
[Olha o óbvio aí gennnnte!]
=========================
   Mas vamos terminar o texto analisando a hipocrisia social.
   Se o que Tim fez foi algo tão genial porque o ator não tentou convencer o produtor do filme a distribuir 10 por cento dos ingressos a prostitutas e moradores de rua, concedendo a eles os melhores lugares?

  Porque não colocar em prática a lição do grande mestre?

  O ator faz peças de teatro, adote a genialidade de Tim nas peças que participar, seja “corajoso”.
  Burgueses só lá no fundão onde merecem ficar.

  No programa do Danilo tem plateia, porque aquela gente “coxinha” no programa?
  Deixe sempre as primeiras filas para mendigos e necessitados de qualquer tipo.
  Nas primeiras filas só vemos aquelas burguesas “coxudas”...HAHAHAHAHAHAHAHAHAAH!

  Sempre me incomoda quando as pessoas tratam alguém como um grande mestre e não colocam em pratica seus valiosos ensinamentos.

  "O que é a modéstia senão uma humildade hipócrita pela qual um homem pede perdão por ter as qualidades e os méritos que os outros não tem!"  
[Arthur Schopenhauer]


  
  Nosso amigo Chope está dizendo que não devemos pedir perdão por sermos honestos, trabalhadores e responsáveis. [Acredito que a maioria tenha isso como qualidades]
  Tim Maia sabia do seu talento e não era modesto com relação a ele, até abusava.
  Se com trabalho e disciplina conseguimos uma qualidade de vida melhor que outros não é o caso de abusar de quem não conseguiu, mas se deixar ser abusado...não é modéstia, humildade ou hipocrisia é um complexo de culpa sem sentido, para um Livre Pensador AS COISAS PRECISAM FAZER SENTIDO.
  Eu não preciso de “mestres” me basta que as situações façam sentido, possam ser colocadas em pratica e tornem a vida mais eficiente.
  Mas se você precisa de mestre é hipocrisia admirar e divulgar os ensinamentos dele e você não segui-los.

  As ações demonstram mais o caráter de uma pessoa que suas palavras.


  Tem muita gente hipócrita, mas “diz” que não é.

Anterior          <>        Próximo

Postar um comentário