segunda-feira, 13 de março de 2017

Anistia ao Caixa 2

  “Não vamos tentar consertar a culpa do passado, vamos aceitar nossa responsabilidade pelo futuro.”
[John F. Kennedy]
______________________________________
 “BRIGA DE FAMÍLIAS CRIA CIDADE MAIS VIOLENTA DO BRASIL.”
  Matança entre Veras e Oliveiras, iniciada com desentendimento há 20 anos, deixou mais de cem mortos em Brejo dos Santos e região.
  Iniciada com mal-entendido em um bar, a briga já matou mais de cem pessoas.”
_______________________________________     

  Isso parece aqueles “causos” quase anedóticos de cidadezinhas do interior de qualquer Estado.
  Entretanto a morte de 100 PESSOAS não tem graça nenhuma, é trágico 😩
   Quando isso vai parar?
  Quando a atual geração dos dois lados esquecer quem começou (parar de perseguir a culpa) e decidir quem vai pôr fim. (perseguir o Bom Senso).
  Senão vai ficar para próxima geração, quem sabe a quinta...
______________________________________
  “Porque eu sou o Senhor teu Deus que vinga a iniquidade dos pais nos filhos até a terceira, e quarta geração daqueles, que me aborrecem; e que faz misericórdia até mil gerações aqueles que me amam, e que guardam os meus preceitos."
(Êxodo XX, 5).
______________________________________      

  Não é possível que tantas mortes continuem acontecendo porque alguém nasceu com um “sobrenome errado”.
  Qualquer criança dos Oliveiras ou Veras já nasce com culpa!?
  Já não nos basta a Bíblia...

  Claro que essa briga dos Oliveiras e Veras é um caso extremo, mas vejo em muitas famílias esses rancores “eternos” (por toda vida).
  Um desentendimento lá em mil novecentos e bolinha causa conflitos até hoje.
  Sei lá, tem coisas que não dá para esquecer, mas temos que seguir adiante e parar de ficar ruminando culpas.

  Minha irmã Simone quebrou minha bicicleta Monark.
  A Jane usou meu tênis de educação física.
  Meu irmão Wanderson chegava tarde da noite e fazia frituras, poluía toda casa.
  A Audrey idolatrava a Xuxa ... 😆

  Eu era santinho, agradava a todos. 😆 😆
 
  Acreditem, nossa mente tem esse estranho habito de se santificar e demonizar todos os outros.
  “Do passado, todos somos vítimas ... será?”
  (William Robson)

“O inferno são os outros”.
                                           [Sartre]

  E saindo do universo familiar?
  O que dizer dos conflitos Judeus e Árabes, Índia e Paquistão, Curdos e Sunitas ... as mais diversas disputas por fronteiras ... qual geração decidirá finalmente viver em paz e prosperidade?
  Que maravilhoso que fosse a nossa.

 [Humm ... esse texto está ficando fora de controle, está se auto escrevendo.
  Foco William, foco.]
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
   “O Congresso quer aprovar as medidas de combate à corrupção sem distorção e junto com ela uma ANISTIA ao Caixa 2.”

  SOU A FAVOR DA ANISTIA AO CAIXA 2 ... desde que não seja comprovado algum favorecimento ilícito.
  Na maioria dos casos o cidadão até perdeu a eleição.
  A maioria dos que concorrem perdem, isso é MATEMÁTICA gente.

  Se ganhou e não foi comprovado nenhum crime em favor de quem o financiou ... “eu” me contentaria com uma multa de acordo com a posse do cidadão.
  Alguém com uma fortuna de 10 milhões ser multado em 100 mil não quer dizer muita coisa.
  Alguém com patrimônio de 500 mil ser multado em 100 mil é complicado.
 
  E o dinheiro?

  Mais uma vez vamos recorrer a Matemática.
  Você concorreu a Prefeito.
  Cabos eleitorais raramente trabalham de graça, algum dinheiro você tem que dar (ou prometer), fora alimentação e transporte.
  O indivíduo não vai ficar horas no sinaleiro agitando uma bandeira só por amor a você.
  A bandeira não cai do céu, tem que ser comprada.
  Adesivos para carros, panfletos, botons, outdoors ... dinheiro, dinheiro e dinheiro.

  Terminou a campanha e você perdeu.
  O dinheiro não existe mais, foi incorporado pelo “mercado”.
  Imagine a cena.
  O cabo eleitoral te procura para devolver o dinheiro porque você perdeu, os diversos fornecedores esquecem a dívida e arcam com o prejuízo...

  Terminou a campanha você ganhou.
  Se pegar dinheiro da Prefeitura para pagar o fornecedor de campanha ou cabo eleitoral, torça para não ser pego, a cana vai ser braba.
  Se você favorecer criminosamente alguém que te financiou, hoje em dia com tanta tecnologia está difícil não deixar rastro.
  É câmeras por todo lado, muita compra com cartões eletrônicos, os celulares mesmo desligados mostram a localização do indivíduo.

  Fica claro que em nosso estágio atual financiar campanhas com objetivos escusos é um “investimento” de altíssimo risco.

  Ao invés de desperdiçarmos energia correndo atrás de culpas do passado podemos cuidar melhor do nosso Presente e preparar nosso Futuro.
  2018 tem eleições, você eleitor será o juiz.
  As regras mudam a partir de agora e vamos construir um novo Brasil.
  Sejamos responsáveis com o NOSSO FUTURO.

  Mas se você insiste em perseguir a culpa ... vamos lá.
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
 Caixa 2 é crime?

  Se não fosse crime não se proporia ANISTIA.

  “A prática de caixa 2 pode ser enquadrada em mais de um tipo de crime.
  Pode ser falsidade ideológica, devido às declarações falsas de documentos que não correspondem à realidade financeira da empresa ou campanha.

  Enquanto delito contra a ordem financeira, consta a penalidade por caixa dois no artigo 11 da Lei 7.492/86.
  E também sonegação fiscal, previsto pela Lei 8.137/1990, que pode acarretar em pena de reclusão de dois a cinco anos, mais multa.

   O caixa 2 eleitoral é crime previsto no artigo 350 do Código Eleitoral, e pode condenar à pena de cinco anos de prisão.”

  Ao reeleger Lula e depois Dilma a maioria dos brasileiros fez vista grossa para um esquema conhecido desde 2006.

  Antes disso podemos dizer que Lula (e o PT) foi eleito principalmente em nome da ética.

Lula diz que Caixa 2 é pratica sistemática.

  Eu votei no Lula em 2002 devido a muitos rumores de “esquemas” nas estatais.
  Na dúvida sobre os esquemas sacamos o PSDB, na certeza mantemos o PT!?


  AGORA O POVO QUER HIPOCRITAMENTE DAR UMA DE VÍTIMA INOCENTE, assim não pode, assim não dá...



  Os eleitores ficaram cegos em razão de um crescimento MUNDIAL de 2003 a 2008 que NÃO foi por ação do PT.
  A economia mundial (bolha) crescer tanto nesse período foi uma coincidência azarada para o Brasil.
  Nosso azar foi ter populistas bolivarianos no poder.

  Eu sofri muito com a escolha política da maioria.

  Começou em 2005 com o Mensalão vindo à tona e só deu uma “amenizada” em 2016 com o impeachment de Dilma.

  Se eu [que sofri todos esses anos denunciando a máfia que se instalou no poder] sou capaz de “em nome de um bom futuro” seguir adiante sem me alimentar de vinganças...
  Os ELEITORES CÚMPLICES deveriam fazer o mesmo.

  
  “Não vamos tentar consertar a culpa do passado vamos aceitar nossa responsabilidade pelo futuro.”
[John F. Kennedy]

 Essa necessidade entra em sua mente?
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
   Vejam esse texto que escrevi em 2012, auge da popularidade da Dilma:

  “Em 2010 tive uma conversa muito interessante com um advogado conhecido meu que estava defendendo uma causa para mim.
  Ele é filiado ao PDT e sugeriu que eu me filiasse ao partido.
  Eu disse que estava gostando da administração do Hélio, mas o PDT estava aliado ao PT e depois de tudo que li sobre o Mensalão não dava para fingir que nada de grave tinha acontecido.
  Não teria nada contra o PT se houvesse uma limpeza em seus quadros, maus elementos aparecem em qualquer situação, mas como não houve não consigo me filiar a essa corrente política.

  Era um momento que estavam demonizando a administração FHC e eu era um dos poucos a defender publicamente a boa estrutura político econômica que esse governo proporcionou ao Brasil.

  Disse ao meu advogado que eu estava surpreso de ver uma pessoa culta e bem informada como ele acreditar que não houve Mensalão e que a administração FHC foi um desastre para o Brasil, que o Lula foi nosso grande salvador.

  Ele disse que entendia tudo que eu estava dizendo e claro que concordava comigo, acontece que apesar de toda roubalheira, quando até o Lula estava envergonhado e preparado para ser enxotado de Brasília seu índice de popularidade subiu enormemente, era como se o povo brasileiro não ligasse de ser roubado.

  E olhe que a defesa saída da boca do Lula foi patética:
  “Eu não sabia de nada.”

  “Se o povo acha normal o desvio de dinheiro e apoiar Lula traz mais dinheiro para meu grupo político, nada mais óbvio que dançar conforme a música.”
 [Essas foram mais ou menos as palavras usadas pelo advogado].

  Ele citou muitas obras concluídas e em andamento e me falou que o Governado Estadual tinha colocado dinheiro na cidade, mas o que fez a diferença mesmo foi o dinheiro vindo de Brasília, este foi aquele algo a mais.”

   Em 2016...

 “Investigadores apontam que político Hélio de Oliveira Santos do PDT, que foi apoiado pelo PT em 2004, teria recebido para sua campanha recursos obtidos pelo Partido dos Trabalhadores por meio de um empréstimo do Banco Schahin ao pecuarista José Carlos Bumlai.”


   Dos políticos somos todos vitimas ... será?


   Você eleitor, NÃO SABIA DE NADA?



Anterior          COMENTAR        Próximo
Postar um comentário