segunda-feira, 1 de agosto de 2016

Dívida Americana

  “No topo da cadeia de comando deveria ficar o Governo que em um regime democrático representa a vontade do povo.
  Mas se a vontade do povo torna o Governo fraco... alguém vai mandar no Governo e não é a maioria.”
 [William Robson]



  Muitos filmes futuristas dizem que grandes corporações dominarão governos.
  Isso só acontecerá se nossa irracionalidade continuar.

  Em terra de cegos quem tem um olho é rei e se alguns executivos são mais inteligentes que a grande maioria da humanidade é natural que alcancem o topo da hierarquia e fiquem por lá.

  No comando deveria ficar o Governo que em um regime democrático representa a vontade do povo.
  Mas se a vontade do povo torna o governo fraco, alguém vai mandar no governo e não é a maioria.
  Para esse texto ser útil primeiro temos que pensar pequeno.

  O que torna sua família fraca diante das empresas?

  O endividamento.

  Se eu não pagar a TV a cabo eles cancelam meu sinal.
  Se não colocar crédito no celular fico sem comunicação.
  Se eu pegar a grana do supermercado e gastar em diversão vai me faltar comida.
  Se eu não pagar o condomínio vou receber cobranças judiciais que podem me levar a perder o imóvel.
  Se eu gastar mais do que consigo ganhar e fazer empréstimos fico nas mãos dos Bancos.
  E aqui chegamos ao ponto que interessa.

  O que torna o Governo fraco diante das empresas?

  Os gastos desmedidos que levam ao endividamento.

  Se você enquanto povo elege maus gestores ou os obriga a gastar acima das possibilidades torna qualquer governo fraco.
  O que me preocupa é que isso está acontecendo faz tempo com a maior economia do mundo, os Estados Unidos da América.

  Obama pediu ao congresso americano a ampliação do limite do endividamento que já estava em incríveis US$ 16,7 trilhões.

    O gráfico da GGN abaixo usa dados históricos do Tesouro dos EUA para ilustrar que, nos últimos 30 anos, os líderes de ambos os partidos têm se engajado com sucesso para levantar o teto da dívida.


  Vejam esses dados de 2014:

  A atual dívida pública dos EUA é de 17,3 trilhões de dólares.
  O PIB é de 16,9 trilhões de dólares, de acordo com o Bureau of Economic Analysis.
  A carga tributária no EUA gira em torno de 27%, em um calculo tosco podemos dizer que de todo PIB o Governo arrecada em impostos 4,3 Trilhões.
  Para o EUA um endividamento de até 30% do PIB seria matematicamente aceitável, mas os últimos números dão conta de um endividamento de 104%.  😲!

  É como alguém que ganha 4 mil fazer dividas constantes de 16 mil hipotecando seus bens.

  É evidente que nessa trajetória a economia mundial vai quebrar.

  Crise do Capitalismo?
  Claro que não, crise da INTELIGÊNCIA HUMANA.

  Você acredita que a Comunista China vai se safar?
  Me diga como, se a China tem 1,3 trilhões de dólares aplicados no EUA.
  Se o EUA quebrar, como a China fará para recuperar o dinheiro?
  Vai encarar o exército mais poderoso do mundo?

  Veja o tamanho da encrenca.

  Os maiores credores do EUA são:

China 1.3 trilhões de dólares
Japão 1.2 trilhões de dólares
Centros bancários do Caribe 291 bilhões

BRASIL 247 bilhões  ☛Para rir ou chorar.

Países exportadores de petróleo 237 bilhões
Taiwan 185 bilhões
Bélgica 180 bilhões
Suíça 174 bilhões
Reino Unido 158 bilhões
Rússia 150 bilhões
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  Porque o Estados Unidos deve tanto?

  A causa é a mesma de qualquer família descontrolada/sem juízo.

  O casal está bem empregado.
  [EUA tem uma economia muito rentável]

  O casal tem 3 filhos.
  [EUA tem 318 milhões de habitantes, para o tamanho do seu território não é uma superpopulação]
 
  Entretanto se a “família” gasta mais do que se ganha, é preciso arranjar alguma maneira para pagar a diferença.
  Quando o Governo de qualquer país gasta mais do que recebe em impostos é preciso tomar empréstimos para pagar o restante das contas.
  Nos Estados Unidos, gastos militares e sociais historicamente sempre impulsionaram as despesas.

  Nessa nossa meditação vou focar em gastos sociais porque é o que mais aflige o mundo.
  Para você não se revoltar com a meditação guarde essa frase:

  “A diferença entre o remédio e o veneno é a dose.”

  O bem estar social deve ser o objetivo do povo e do Governo que o representa, mas devemos entender que se endividar em nome de um conforto que não temos dinheiro para manter é suicídio econômico.
 
  “Em casa onde falta o pão, todos brigam, ninguém tem razão.”

 
  Um grande complicador é que quando falta o pão os povos ficam mais predispostos aos conflitos, guerras ... gastos.         
  Se o povo insiste em gastar mais do que arrecada [Mesmo em nome de uma maravilhosa causa], mais cedo ou mais tarde a conta vem.

“Não existe almoço grátis”

  Essa frase tem sua autoria atribuída ao prêmio Nobel de Economia Milton Friedman. De fato, ele popularizou a frase, mas frisou que não a inventou.
  Sua origem remonta ao século 19, nos Estados Unidos.
  A expressão faz referência ao fato de os saloons da época servirem “almoço grátis”, desde que o cliente comprasse bebidas.
  Ou seja, grátis porcaria nenhuma!
  A frase acabou se tornando um dito popular quando se quer dizer que tudo na vida tem um preço, ainda que oculto e pouco óbvio.

  Senhoras e senhores estamos caminhando para o colapso financeiro e por consequência social.

  Dos povos pouco civilizados igual nós brasileiros, venezuelanos, bolivianos ... já não espero grande coisa em termos de inteligência econômica/social.
  Fica meio desesperador quando olho para culturas mais avançadas ignorando matemática básica.
  Você acha que Americanos são idiotas em comprometer 104% do PIB?
  Você sabe que japoneses comprometem 229%?  😲      
 
  Quando alguém disser que o Capitalismo vai inevitavelmente nos levar a ruina, monte a seguinte imagem na sua mente.

  O Capitalismo é um bom carro, um Ford Fusion.
  Você enche a cara numa festa de gastos irracionais, dirige feito louco, sai da estrada e despenca na ribanceira.
  A culpa é do carro...

  I’ll be back!



  Quando a dívida é pagável a preocupação é do devedor.
  Quando a dívida é impagável a preocupação é do cobrador.



Anterior          COMENTAR        Próximo 

Postar um comentário