segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

Mauricio Macri

  “Indivíduos ansiosos e indisciplinados formam nações ansiosas e indisciplinadas que igual a esses indivíduos não prosperam como poderiam prosperar.”
[William Robson]

   Certos indivíduos não melhoram de vida porque são muito ansiosos por ótimos resultados.

  Essa ansiedade gera impaciência e indisciplina.
  O cérebro é saudável a inteligência está presente, mas nem tudo dá para ser tão rápido quanto queremos que seja.

  Pense em um bolo.
  Eu não conheço nenhum que dê para fazer em menos de 30 minutos, mais 10 minutos de preparo, ficamos com 40 minutos em média.
  O bolo sai muito quente do forno.
  É aconselhável esperar pelo menos 20 minutos para não queimar a língua e aproveitar o sabor.
  Como vê entre você se decidir a fazer um simples bolo e o momento de poder saboreá-lo são necessários 60 minutos.
  Se estiver com muita pressa é melhor comprar pronto, espero que a padaria seja perto de sua casa senão entre decidir e saborear vai tempo e trabalho.

  Nem tudo dá para usar o atalho dinheiro.
  Sem contar que para maioria de nós pobres mortais ganhar dinheiro consome tempo e trabalho.
  Para concluir o ensino fundamental e médio não da para usar o atalho dinheiro ... vamos ignorar os diplomas falsos, mas não custa lembrar que comprar um diploma não pode ser confundido com adquirir conhecimento.
  Comprar um diploma de médico não transforma ninguém em médico, o cidadão que faz isso prejudica muita gente e incorre em crime gravíssimo.
   Mas esse texto não é para falar de indivíduos e sim das nações que eles formam.

  Indivíduos ansiosos e indisciplinados formam nações ansiosas e indisciplinadas que igual indivíduos não prosperam como poderiam prosperar.

  Políticas sociais e econômicas estão interligadas e são como fazer um grande “bolo”.

  Vejam o caso da Argentina, observo os esquerdistas atacando desde já os números do governo Mauricio Macri.
  Eu não conheço o Macri.
  Eu sei que a Cristina Kirchner é tão bolivariana quanto Dilma.

  Quanto Mauricio Macri é Liberal?
  Só o tempo pode dizer vamos observar.

  O fato é que uma característica básica de um governo que pretende estabilidade é o controle de gastos, não gastar mais do que arrecada.
  Isso somado a uma aplicação honesta e inteligente dos recursos possibilita um crescimento constante e sustentável para uma nação que está em desenvolvimento.
  Mas esse processo leva tempo, é preciso ter disciplina e paciência.
  A situação da Argentina está muito ruim, para melhorar vai piorar primeiro.
  É como ter fratura exposta em uma perna, colocar o osso de volta será dolorido, colocar pinos vai ser trabalhoso, a recuperação levará bastante tempo.
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  Quando a maioria da população não tem paciência para ir melhorando aos poucos, elege políticos populistas com grandes promessas miraculosas que podemos progredir 20 anos em 5.

  “Progredimos” 20 anos em 5 e ficamos endividados por 50 anos.
  Isso acontece no macro e no micro.
  Veja um exemplo no cotidiano.
  Dependendo de quanto crédito você tem pode comprar um carro muito acima de suas posses, um carro de rico.
  Carro de rico tem manutenção de carro de rico, seguro de rico.
  Se você parcelou em muitos anos pagará muitos juros.
  Qualquer revés econômico como desemprego ou doença arruína sua vida.
  Aparentemente ao adquirir o carro você progrediu muito, mas é muita espuma para pouco Chopp...

  Com países é a mesmíssima coisa.
  Com disciplina financeira poderíamos pleitear sediar uma Copa daqui uns 15 anos.
  Mas ganhamos algum dinheiro com Commodities e a maioria quis a festança agora ... foi feita a vontade do povo.

  O Plano Real acabou com aquela inflação descontrolada e FHC implementou bons programas sociais, Lula desvirtuou os programas gastando como se não houvesse amanhã.
  No entanto a maioria dos brasileiros apoiaram a irresponsabilidade governamental, tanto que elegeram e reelegeram Lula e Dilma.
  Brasileiros não tem disciplina para construir uma nação desenvolvida.

  Queremos trabalhar pouco e aposentar cedo é evidente que isso tem um alto custo.

  Os aposentados de hoje inviabilizam a aposentadoria da nova geração.

  Vejam o caso emblemático das professoras.
  Aqui no Brasil inexplicavelmente mulheres se aposentam 5 anos antes dos homens.
  A justificativa das feministas é que mulher tem dupla jornada de trabalho.
  Mas eu não vejo nenhuma dona de casa contribuindo com o SUS pelas atividades feitas em casa.
  Se o SUS não recebe porque tem que pagar!?
  Filosoficamente fica ainda mais complicado.
  Tem todo aquela papo sobre amor de mãe, mas na verdade a mulher quer ser remunerada por esse trabalho...

  “Ah, mais se não fossem as mulheres os homens não nasceriam.”

  Até onde sei, se um espermatozoide não fecundar o óvulo as mulheres também não nascem, logo se não fosse os homens as mulheres também não nasceriam.

  “Mas as mulheres geram o filho no ventre.”

  O corpo feminino foi preparado geneticamente para isso, a que não estiver satisfeita vire lésbica ou reclame com Deus.

    “A vida da mulher é mais difícil?”

  Então como explicar que em média mulheres vivem mais que homens?

  “Saiba por que as mulheres vivem quase 10 anos mais que os homens.” [Correio Estado]

    Em termos de previdência ficamos com uma situação esdrúxula.
    Mulheres vivem mais e se aposentam mais cedo!!

   Vimos no texto anterior que não existe almoço grátis é mais dinheiro que temos que mandar para o Governo para cobrir essa aberração.
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  Eu divido bastante as atividades domésticas com minha esposa, sei de inúmeros maridos que fazem isso.

  Mas vamos supor que uma mulher casou com um homem que não faz nada em casa.
  Aqui no Brasil casamentos não são arranjados nem obrigatórios se a moça fez uma má escolha que culpa tenho eu!?
  Namoro é para conhecer a pessoa com quem você pretende formar uma família, pra ficar só “revirando o zóinho” não precisa casar...

  Se um homem casa com uma bêbada, drogada ou com uma daquelas mulheres que não fazem nada em casa o que acontece?
  Ele pede o divórcio ou segura o B.O.
  Ele escolheu casar com a cidadã, porque a sociedade deve arcar com as consequências da escolha dele?
  Imagine a cena.
  O cidadão vai ao INSS solicitar aposentadoria, mas só tem 30 anos de contribuição.
  O INSS faz uma pesquisa sobre como é a esposa do cidadão e se for uma mulher que não ajudava nas atividades domésticas será permitido ele se aposentar com 30 anos de contribuição.

  “Realmente senhor, verificamos que sua esposa passava o tempo todo no Face e no Zapzap comentando sobre novelas.
   Sua aposentadoria será concedida”

  O homem que tem uma mulher que cuida bem da casa tem que trabalhar 35 anos ... ninguém mandou ele fazer uma boa escolha...

  Agora que você parou para pensar nisso percebe o ridículo?
  Veja algo mais ridículo:
  No caso das professoras a aberração é ainda maior.

  Professoras têm 5 anos de redução no tempo de contribuição por serem mulheres.
  Tem mais 5 anos de redução por serem professoras.

  Alguém decidiu que a profissão de professor é altamente insalubre então essa categoria pode contribuir 5 anos a menos que a esmagadora maioria de outros profissionais.

  Minha filha Ellen gosta muito de crianças, estou incentivando ela ser professora.
  Imagine que com 25 anos ela comece dar aulas.
  Pelas "regras atuais" com 50 anos já poderá se aposentar.
  Daí por diante terá para o resto da vida um rendimento financeiro bancado pela sociedade.

   Professor tem estabilidade, minha filha trabalhando razoavelmente bem não terá na vida profissional o medo do desemprego que afeta tantos trabalhadores.
  Professores tem duas férias por ano e emendam todo e qualquer feriado.
   O salário do professor de baixa qualificação não dá para ficar rico, mas com juízo financeiro dá pra levar uma vida de classe média.
  Depois de aposentada minha filha pode ter alguma outra atividade remunerada e aumentar seus rendimentos ou simplesmente ficar no ócio, uma vida bem tranquila.
  Se ela for mais ambiciosa pode fazer doutorado e dar aulas em Universidades onde o rendimento é maior.
  Enfim, uma vida profissional muito tranquila.
  A situação da Previdência está tão grave que há discussões para mudar as regras, mas o privilegio dado as professoras parece ser um item sagrado, mesmo que aumente o tempo de contribuição elas ainda terão o benefício de contribuir 5 anos a menos que uma mulher “comum” e 10 anos a menos que um trabalhador “comum”.

  Para um país como o Brasil os benefícios que permitimos a categoria dos professores é algo que foge à qualquer lógica.

  E ainda a maioria da população exige que demos mais!
  Se a educação fosse um primor até valeria o sacrifício, mas nossos professores não educam direito e dizem que a culpa é da família.
  De certo modo eu concordo com eles.
  As famílias brasileiras acreditam demais na capacidade profissional de nossos professores algo que visivelmente não corresponde à realidade.
  De qualquer forma, como eu não tenho força para mudar essas regras espero pelo menos fazer com que minha filha se beneficie delas.

  Para bancar toda essa irracionalidade cobramos impostos sobre consumo, renda e produção sem contar inúmeras taxas a nível estadual e municipal.

  Os preços ficam altos porque o Governo precisa de muito dinheiro para beneficiar poucas categorias.
  Com tantos impostos e exigências produzir no Brasil fica muito caro e ocorre uma desindustrialização.

   Para melhorarmos CULTURALMENTE cada brasileiro tem que começar a questionar o porquê de certos privilégios.

  Não tenham a ilusão que alguma Sociedade pode dar para todos um regime de trabalho como o das professoras brasileiras.
  Não conheço nenhuma nação no mundo onde todos os trabalhadores se aposentem com 25 anos de contribuição.
  Nem que o Estado confisque toda renda é possível uma coisa dessas.
  Quero dizer que esse tipo de benefício sempre será pago a poucos.
  Os professores são essa categoria tão maravilhosa que merece o alto sacrifício de todos?

  É evidente que o caso dos professores é um exemplo mais fácil de ser visualizado por isso escolhi para esse texto, mas já escrevi sobre inúmeras outras aberrações que desafiam qualquer lógica.

  No texto anterior vimos como conseguimos aumentar drasticamente o custo na área da saúde sem que isso retorne em beneficio para a Sociedade a não ser para os profissionais dessa área.

  Dizem que os profissionais da saúde tratarão melhor os pacientes por estarem mais descansados, menos estressados.

  Isso é tão subjetivo, tão difícil de quantificar e qualificar.
  Minha experiência me diz que o bom profissional é bom profissional 12 horas ... se for o caso.
  O mal profissional é ruim em cada hora de trabalho.
  O mal profissional precisa de mais treinamento ou ser demitido.
  Se com o mesmo nível de treinamento um profissional tem um rendimento muito abaixo dos outros deve ser demitido, mas vai fazer isso com um funcionário público...
  Quero dizer que reduzir o tempo de trabalho de um enfermeiro vai aumentar os custos, mas não espere retorno em qualidade do serviço.
  Quem é bom continuará bom e quem é ruim continuará ruim.

  Para reduzir jornada de trabalho precisamos aumentar a produtividade com tecnologias e processos, foi isso que aconteceu?

  Claro que não.
  Simplesmente ficamos penalizados com o trabalho árduo do pessoal da saúde e decidimos na canetada conceder esse benefício.
  O problema é que não falta trabalho árduo, vamos reduzir a jornada de todos para 30 horas?
 Já pensou o impacto disso no preço dos produtos e na competitividade do Brasil como nação?
  Funcionários da segurança e educação não fazem um trabalho árduo?
  Você leitor ganha dinheiro sem nenhum sacrifício?
  Gosta de horário rígido, trabalhar no mínimo 40 horas, gosta da adrenalina da instabilidade e principalmente adora carregar outras pessoas nas costas?

  Fica claro que o equilíbrio dos gastos, o alocamento honesto e inteligente dos recursos pode nos levar em poucas décadas a sermos desenvolvidos, temos um território riquíssimo e uma população relativamente baixa.
   No entanto se nós enquanto povo não temos paciência/disciplina para construir essa situação e nem questionamos certos privilégios irracionais ... vai ser sempre esse salve-se quem puder esse voo de galinha.
  Brasileiros, tão selvagens tão subdesenvolvidos.

  Boa sorte aos Argentinos, que tenham disciplina, paciência ... INTELIGÊNCIA!

  Senão, nos vemos na próxima crise sem resolvermos a atual.




Anterior          <>        Próximo 


  PROFESSORAS TÊM 5 ANOS DE REDUÇÃO NO TEMPO DE CONTRIBUIÇÃO POR SEREM MULHERES.
  TEM MAIS 5 ANOS DE REDUÇÃO POR SEREM PROFESSORAS.
.
  Alguém decidiu que a profissão de professor é altamente insalubre então essa categoria pode contribuir 5 anos a menos que a esmagadora maioria de outros profissionais.
.
  Minha filha Ellen gosta muito de crianças, estou incentivando ela ser professora.
  Imagine que com 25 anos ela comece dar aulas.
  Pelas "regras atuais" com 50 anos já poderá se aposentar.
  Daí por diante terá para o resto da vida um rendimento financeiro bancado pela sociedade.
.
   Professor tem estabilidade, minha filha trabalhando razoavelmente bem não terá na vida profissional o medo do desemprego que afeta tantos trabalhadores.
  Professores tem duas férias por ano e emendam todo e qualquer feriado.
   O salário do professor de baixa qualificação não dá para ficar rico, mas com juízo financeiro dá pra levar uma vida de classe média.
  Depois de aposentada minha filha pode ter alguma outra atividade remunerada e aumentar seus rendimentos ou simplesmente ficar no ócio, uma vida bem tranquila.
  Se ela for mais ambiciosa pode fazer doutorado e dar aulas em Universidades onde o rendimento é maior.
  Enfim, uma vida profissional muito tranquila.
  A situação da Previdência está tão grave que há discussões para mudar as regras, mas o privilegio dado as professoras parece ser um item sagrado, mesmo que aumente o tempo de contribuição elas ainda terão o benefício de contribuir 5 anos a menos que uma mulher “comum” e 10 anos a menos que um trabalhador “comum”.
.
  Para um país como o Brasil os benefícios que permitimos a categoria dos professores é algo que foge à qualquer lógica.
.
  E ainda a maioria da população exige que demos mais!

______________  


#Educação
Postar um comentário