quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Irmandade Muçulmana

  "O Islã pode ser interpretado de várias formas.”
   A pergunta talvez não seja o que o Islã fez com os muçulmanos, mas:
  O que os muçulmanos fizeram com o Islã!?
[Bernard Lewis]

  Eu iria escrever um texto sobre os acontecimentos na Síria, mas provavelmente eu só o publicaria daqui uns 30 dias uma vez que tenho vários outros textos para serem publicados.
  Como parece que a Síria pode sofrer um ataque eminente e já debati bastante sobre o assunto achei interessante agrupar os principais comentários antecipando alguma coisa do texto.
  O debate ocorreu na postagem de Carla Côre (25/Ago/2013)


  

👩 “Milhares de pessoas foram mortas na Síria, adultos e grande número de crianças, tudo indica que por armas químicas.
  Mas a pergunta que não quer calar, se essas crianças fossem americanas, como a mídia reagiria?
 Se fossem, o mundo inteiro estaria comovido e a mídia nos mostrando o ocorrido toda hora, com frases e imagens comoventes...
  Na Síria também há vidas!” 
  [Comentarista no G+]          
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  Os pais americanos amam suas crianças (ao que parece) muito mais que os pais islâmicos.
  Não é comum americanos colocarem suas crianças em risco.
  O exército americano usar armas químicas contra seu próprio povo ... sem dúvida seria incomum, algo para ocupar as primeiras páginas dos jornais.
  No Brasil, Argentina, México, Inglaterra, Rússia, Japão ... seria a mesma coisa.

 Nos países islâmicos esses atos de “selvageria” são tão frequentes que nem nos chama tanto a atenção.
  A guerra Irã/Iraque aconteceu na década de 80, não faz muito tempo em termos de história da humanidade.

  Os islâmicos começaram a usar armas químicas e não pararam mais.

  Não existe uma “entidade pessoal mídia”, existe pessoas divulgando notícias de interesse ou que chame a atenção do público.
  Infelizmente nos acostumamos até com tragédias, em alguns lugares onde elas são muito frequentes nem nos chamam tanto atenção.

  Um grande tiroteio em algum morro do Rio de Janeiro?
  Quem ainda para pra assistir?
  Um tiroteio no centro de Campinas?
  É algo inusitado, deve ter alguma “boa” história, algo meio “cinematográfico”.
  A população de Campinas não está habituada a isso, claro que o choque é bem maior para quem vivencia a situação.

  No caso da Síria a mídia por motivos óbvios não tem muito acesso as imagens.
  O pouco material que consegue é difícil saber se não foi manipulado ou mesmo forjado pelo governo ou pela oposição.

  É importante atentarmos que são sírios lutando contra sírios, não é alguma nação do “Ocidente” que está invadindo cruelmente aquele território e matando suas crianças.







👨 “Pode ser um pretexto para os que estão verdadeiramente interessados em entrar e tomar posse daquele país conseguirem uma autorização a nível de sociedade (povo) entrarem lá tipo! quando alegaram que eles teriam armas nucleares e não tinham nada.
  Cuidado! pois: essa peça de teatro é grande demais pra o nosso vã entendimento.”
[Comentarista “confuso” no G+]          
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  O que o “Ocidente” está fazendo para fomentar a guerra civil na Siria!?
  O que a Europa ou USA lucrariam tomando posse de um território pequeno como a Síria!?

  Sempre culpam nações ocidentais democráticas/capitalistas por qualquer encrenca em território islâmico.
  Esse filme/teatro eu também já estou cansado de ver.

  Se os muçulmanos acham que as grandes potências estão lucrando lhes vendendo armas... eles que parem de comprar armas e comecem a plantar alimentos, vivam com mais TOLERÂNCIA.

  A Europa não vive seu melhor momento econômico, o USA está saindo de uma grave crise em parte provocada por excessivos gastos militares no Iraque e Afeganistão.
  Chega de gastar dinheiro dos impostos para levar um pouco de civilidade a essa gente e ainda serem tachados de ladrões e saqueadores...

  Árabes e persas são civilizações bem antigas, já passou da hora de desenvolverem bom senso/juízo.
  Os cristãos encontraram seu caminho (construíram algumas nações muito boas para viver) que islâmicos façam o mesmo.





👨 “Infelizmente ás vezes precisa ter guerra para obter a paz, isso que aconteceu foi covardia, concordo da ONU intervir nessa guerra, e essas imagens mostram que a química dessa bomba ela é moderna, tanto que os que estão vivos lá após a queda desse míssil, morrerão após 48 hrs, a descontaminação leva mil anos.”
[Comentarista no G+]          
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  O problema está exatamente aí.
  A oposição na Síria é ideologicamente pior que o Governo que está no poder.
  A oposição é feita por radicais muçulmanos que todos conhecemos muito bem.
  Como são mais fracos militarmente os radicais ficariam na deles e o país viveria relativamente em paz como estava vivendo.
  Mas os muçulmanos radicais não se rendem porque esperam que o USA/ONU pressionados pela opinião mundial onde o “mais fraco sempre está certo” entre na Síria e faça com Bashar al-Assad o que foi feito com Sadam.
  Veja o caso do Egito o exército tirou um ditador o povo elegeu outro.
  O maior aliado hoje da Irmandade Muçulmana se chama Barack Obama... acredito que por ingenuidade, mas quem sabe ele ACORDE!
  Obama quer tirar Bashar al-Assad de qualquer jeito acreditando que com a queda dele a Síria será uma nação democrática/capitalista mais a cara do ocidente.
  Já sabemos que isso tem poucas chances de acontecer.

  A oposição na Síria sabe que se matar bastante civis a culpa sempre recairá sobre o Governo, não é de duvidar que eles mesmos tenham praticado a carnificina.
  A ONU tem que parar de agir como o irmão mais forte da irmandade Muçulmana, assim eles se reconhecem mais fracos e param de lutar para não serem dizimados.

  “A Irmandade Muçulmana pretende "retomar" os ensinamentos do Corão, rejeitando qualquer tipo de influência ocidental; luta para estabelecer a sharia (leis do islamismo) como base para governos, a Irmandade Muçulmana também tem o objetivo de unificar os países de população muçulmana e opõe-se às tendências seculares de algumas nações islâmicas
  O lema da organização é:
  "Deus é o único objetivo. Maomé o único líder. O Corão a única Lei.
  A jihad é o único caminho. Morrer pela jihad de Deus é a nossa única esperança".

  Você acredita mesmo que esse tipo de gente vai tornar a Síria um país melhor para viver!?






 👩 “Se eles [governantes] estão la é porque tem que ter a capacidade de fazer a coisa certa oras...me diga onde estava o responsável por essa atrocidade ai??? por acaso estavam la ??? se vc se doeu deve ser um deles...” 
[Comentarista que não está nem aí com a gramática ]
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  Quem são os responsáveis?
  Tanto um lado como outro são capazes de ter usado armas químicas.
  Todo governo emana do povo, de suas crenças e tradições.
  Os caras se dividem em inúmeras tribos onde uma não tolera a outra.
  Minha família é evangélica, eu não tenho religião CONVIVEMOS PACIFICAMENTE.
  Devemos parar de nos sentirmos culpados pela imbecilidade de alguns povos.
  Ou pior, ficarmos cobrando uma ação dos USA como se eles devessem ser responsáveis por tudo no mundo.
  O problema é dos árabes e islâmicos...ELES QUE RESOLVAM!





👩 “Queria ver tua opinião (William) se visse um filho teu ai estirado no chão...”
[Comentarista apelando para meus sentimentos]
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  Por não querer isso para minha filha é que não estimulo no Brasil a intolerância racial e religiosa.
  Você nunca verá eu insuflar minha filha a se explodir por uma causa política ou religiosa.
  Me reconheço incapaz de levar a certos povos conceitos de civilidade e amor a próxima geração.
  A diferença entre eu e você é que não fico exigindo que outros façam o que eu não sou capaz de fazer.
  Se eu brasileiro/William não sei como colocar conceitos básicos de civilidade na mente dos Árabes como posso exigir isso de americanos e ingleses?

 Islâmicos procriam demais, morre um filho eles já fizeram outros dois.

▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  A ONU tem que parar de agir como o irmão mais forte da irmandade Muçulmana.
 (E outras ideologias nefastas)


  Sabe aquela situação na escola ou na rua em que um garoto franzino é folgado demais?
  Ele abusa porque tem um irmão forte que irá em sua defesa se as coisas complicarem.
  Pessoas fracas ficam mais “corajosas” se tem alguém forte para protege-las.

  Fiz musculação por muito tempo, tenho um físico respeitável.
  Tem um fato desagradável que ocorre por essa minha condição, meus colegas ficam menos diplomáticos e mais “valentes” quando estão comigo.
  Até aquela colega doce e delicada fica mais incisiva/agressiva com as pessoas porque ela sabe que se acontecer alguma briga eu estarei ali para socorre-la.

  Os “fracos” ficam mais predispostos a violência quando estão certos que serão protegidos por alguém mais forte.

  Meus colegas ao menos tem alguma consideração comigo, nos damos bem por isso somos colegas, óbvio.

  No caso do Estados Unidos os islâmicos só querem sua força quando convém a eles, mesmo assim o ódio a nação americana continua intacto.

  No Oriente Médio se a Irmandade Muçulmana dominar toda a região o Estados Unidos [e Israel] será o “inimigo” a ser atacado de todas as formas, inclusive ou principalmente com o terrorismo.

  Já vi cara fraco, um paspalhão, mas coloca uma arma na cintura e se acha o tal.
  Uma nação “fraca” com armas nucleares e químicas é um tremendo enrosco.

   Os radicais Islâmicos se insurgem porque sabem que se a coisa apertar a “arma” ONU irá protege-los, basta seus líderes ficarem protegidos mandando civis idiotas para frente de batalha inclusive utilizando crianças.

  O Ocidente persiste no erro de ser a “polícia do mundo”.
  Não percebe que os valores judaico/cristãos não são dominantes no planeta.

  No meu cotidiano deixo claro aos meus colegas que só irei protege-los se EU achar que eles foram suficientemente DIPLOMÁTICOS e tem toda ou muita razão na questão.
  Não vou proteger ou me arriscar por ninguém pelo simples fato de ser mais fraco.
  A pergunta que eu faço a vocês é:

  Sabemos que a Irmandade Muçulmana “por enquanto” é mais fraca.
 Baseado em que você acha que ela é suficientemente diplomática e DEMOCRÁTICA e proporcionará uma vida melhor para qualquer nação islâmica?


  “Decifra-me ou te Devoro!”





anterior                       <>                                próximo




---------------------------------------------------------------------

Postar um comentário