segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013

Auxílio-reclusão

   O que é o auxílio-reclusão?
  É um benefício devido aos dependentes de trabalhadores que contribuem para a Previdência Social.
  Ele é pago enquanto o segurado estiver preso sob regime fechado ou semiaberto e não receba qualquer remuneração da empresa para a qual trabalha, nem auxílio doença, aposentadoria ou abono de permanência em serviço.
  Dependentes do segurado que estiver em livramento condicional ou em regime aberto perdem o direito de receber o benefício.

   Esse benefício é pago ao preso?

  O segurado preso não recebe qualquer benefício.
  Ele é pago a seus dependentes legais.
  O objetivo é garantir a sobrevivência do núcleo familiar, diante da ausência temporária do provedor.” 
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  Me falaram que com relação ao auxilio reclusão eu faço uma tempestade em copo d’agua uma vez que pouquíssimos presos recebem esse benefício.

  “Apenas” 6% da população carcerária recebe o auxílio-reclusão.

  Para receber o benefício você tem que estar contribuindo com a Previdência (estar trabalhando com registro em carteira) e a maioria dos presos se dedicam integralmente ao crime.
  Eu trabalho com registro em carteira, se cometer um crime minha esposa tem direito ao auxílio reclusão... tem outras exigências, leiam no site.

  É sempre necessário analisar os números gerais para dimensionarmos o tamanho do problema.
  Em 2012 foram gastos cerca de 200 milhões de reais com auxilio reclusão.
  Caraca, 200 milhões não é uma soma desprezível nem para bilionários.
  Mas diante de um gasto da Previdência de cerca de 300 Bilhões ... o auxílio reclusão é um problema bem pequeno.

  Porque é um problema pequeno não precisa ser resolvido?

  Imagine que liguem da escola do seu filho dizendo que ele foi para o hospital, pois sofreu queimaduras.
  Você sai desesperado, com o coração na mão, chegando no hospital vê que ele encostou a costa da mão em uma panela quente, nada que uma pomada e gaze não resolva.
  Claro, uma queimadura é uma queimadura, mas a situação não é tão alarmante quanto lhe pareceu ao telefone.
  Embora seu filho não tenha sido vítima de uma tragédia é necessário e JUSTO que você queira entender como e porque aconteceu.
  A queimadura não se tornou justificável só porque não foi mortal.

  Então preste atenção na pergunta, decifre o enigma:

  É justo que a família do preso receba o auxílio-reclusão?

  Observem que é um benefício muito especial a esposa do preso passa a ser mais especial que qualquer outra.
  Sabiam que não tem nem carência?
  Se você estiver no seu primeiro emprego trabalhando há 1 mês sua esposa já tem direito ao benefício.
  O auxílio reclusão não tem tempo para acabar, enquanto a família estiver dentro das exigências o benefício será pago, 1, 2, 3... 10 anos.
  Lembrem-se que o seguro desemprego são no máximo 5 parcelas.

Quais princípios norteiam a criação do auxílio reclusão?

O princípio é o da proteção à família: se o segurado está preso, impedido de trabalhar, a família tem o direito de receber o benefício para o qual ele contribuiu, pois está dentre a relação de benefícios oferecidos pela Previdência no ato da sua inscrição no sistema.”

  ALGUÉM CONSEGUE ME EXPLICAR POR QUE A FAMÍLIA DE UM CRIMINOSO É MAIS IMPORTANTE QUE A DE UM CIDADÃO HONESTO?

  “Tendo elas o cargo de primeiras damas do tráfico, existe até um funk do MC Max, dedicadas as mulheres de traficantes do CV (comando vermelho), "Mulher do Chefe": “Deixa ela passar. Não olha, nem mexe. Sabe quem tá passando? É a mulher do chefe!”, assim impondo o respeito na base do medo.”

  Entendam que é extremamente difícil que uma namorada não saiba que seu namorado é ladrão, a grande maioria sabe e não liga, pelo contrário...

  A MULHER AJUDA A GASTAR O DINHEIRO DO CRIME.

  E aquela que realmente não sabe?
  Caraca! Porque a sociedade lhe deve alguma coisa!?
  São os azares da vida.
  Já pensou se fossemos indenizar todo mundo que se descobre corno...

  No meu entendimento a mulher do preso tem que trabalhar.
  Ela não foi obrigada a casar com um traficante ou coisa do tipo.
  Se ela tem alguma incapacidade física tem que procurar ajuda social em função da incapacidade DELA e não porque casou com um indivíduo que infringiu a lei.
  Se mesmo ela trabalhando a renda familiar for muito baixa ela pode solicitar o Bolsa Família como qualquer outra família brasileira.
  Hoje em dia conseguir cesta básica em alguma ONG ou Igreja não é difícil quando se está realmente carente financeiramente.
  Já vi reportagens de gente que não precisa e recebe o Bolsa Família.
 
  Fica claro que o Auxilio-Reclusão é uma enorme injustiça com o cidadão trabalhador honesto, algo sem RAZÃO de ser.

  Se uma única família tivesse esse “direito” já seria HORRÍVEL, INJUSTIFICÁVEL.

  O Auxílio-reclusão é algo abominável em nossa legislação, é uma aberração que exista.
 Ele foi criado em 1963 uma época que as mulheres já não eram tão dependentes de seus maridos, o Brasil já passava por um processo de industrialização.
  Brasília, por exemplo, foi inaugurada em 1960.
  Desde que eu me conheço por gente minha mãe trabalhou fora.
  Logo, não entendo porque a esposa do preso “merece” essa supervalorização diante de todas as outras mulheres.
  Se eu ficar desempregado minha esposa tem que se virar, se eu estiver preso ela pode ficar em casa as custas do “Estado” !!!
  [Desculpem o excesso de exclamações, mas é melhor que escrever palavrões]

   “Tudo está tão certo (justificável) que parece errado.” 


anterior                       COMENTAR                               próximo

Postar um comentário