quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Irmão Africano

   Se você está com dengue e toma remédio para gripe pode morrer.

  Os sintomas são parecidos, você melhora um pouquinho e até se sente a caminho da cura, como a doença é outra ela ganha tempo para ir se alastrando sem ser eficientemente combatida.

  O remédio para gripe parece que é a luz, uma organização para seu corpo que o fará voltar ao equilíbrio, no entanto só está facilitando o desenvolvimento das trevas que no caso é o vírus da dengue.
  Para quem consegue pensar em 3D atente para o fato de que o vírus da dengue não tem consciência que está te matando.
  Você é tão grande que o vírus nem sabe que você existe, ele apenas encontrou um lugar bom para viver e está “decorando/organizando” do seu jeito.
  O vírus tem poder e exerce sua força de alterar o ambiente.
  Quando você morre e o habitat se desfaz é surpresa para o vírus também.

  Vamos para um exemplo paralelo que pode tornar este texto mais profundo.
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
  Se as “trevas” da humanidade são os pensamentos e comportamentos antigos, mas você acredita que as trevas são os pensamentos novos e o comportamento atual ... podemos tomar o remédio errado.

  Na Filosofia Matemática buscamos a Ordem, a sequência lógica, a “organização”, o bom senso nas ações e pensamentos, vou chamar isto de buscar a CIVILIDADE.

  Para efeitos didáticos nossa Luz é a Civilidade e nossa treva a Barbárie.

  Entendam que não temos como linearmente pensar em bem/mal, ligado/desligado, certo/errado.
  É uma disputa entre a Lógica e o Caos.
  Vejam essa pregação que todos já ouviram:

  “A humanidade não melhorou em nada, se Jesus voltasse a Terra seria crucificado novamente”.

  Quantas vezes você concordou com esta pregação sem pensar, sem estruturar o pensamento?
  Vamos estrutura-lo, colocá-lo em uma sequência lógica de acordo com o que podemos observar.
  Ainda há países horríveis para nascer, mas a maioria progrediu muito, vamos dizer que Jesus nasça hoje no Brasil.
  Qual a última vez que alguém foi literalmente crucificado aqui?
  Pelas pregações de Jesus de certo ele não seria preso.
  Se ele quebrasse bancas em algum mercado como fez na entrada do templo provavelmente seria preso, mas uma detenção temporária com alguma multa levíssima.
  Transformando agua em vinho, ressuscitando pessoas, multiplicando comida o mais provável é que fosse um super star, só não teria uma vida de luxo se não quisesse.
  Acreditar que Jesus seria crucificado hoje por pregar sua crença e fazer milagres de cura é uma imbecilidade repetida à exaustão.
  A humanidade está muito mais civilizada o que não quer dizer que essa civilidade alcance todos os recantos do planeta...
▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
   A África é cheia de países horríveis para nascer a Etiópia é um deles.

  “Nós, Africanos, iremos lutar, se necessário, e sabemos que iremos vencer, pois somos confiantes na vitória do bem sobre o mal.” [Hailé Selassie]

  Nas minhas conversas noto que as pessoas tem grande dificuldade em identificar por onde os problemas entram em suas vidas, não é raro elas serem agressivas justamente com sua tábua de salvação.

O que é tábua de salvação? [Yahoo Respostas]

Resposta 1Imagine que você está no meio de um rio, por exemplo, tentando se salvar.
  É comum vermos cenas assim em filmes de aventura. Então, surge um tronco de árvore boiando...
  Tábua de salvação significa algo que vem a socorrer, que serve de alguma forma de ajuda em momentos complicados. Numa linguagem metafórica, poderíamos dizer, por exemplo, que um jovem viciado, ao procurar socorro, teve em sua família, a "tábua de salvação".

Resposta 2 - Na verdade não é um termo, é o título de uma resenha super interessante que você pode ler neste site -- http://recantodasletras.uol.com.br/resenhasdeteatro/978053
bjus espero ter ajudado.

  [Clique no link e veja uma demonstração cômica do que estou dizendo, adivinhe qual resposta é a idiota.]

  A pessoa fala ou escreve com tanta convicção que você toma por “garantia” a palavra dela quando sua garantia deveria ser a análise isenta da situação.
  Observe que a resposta 2 já começa com “Na verdade”.
  É até colocado o endereço de um site.
  O endereço não está mais acessível, mas provavelmente “Tábua de Salvação” pode ter sido o título de uma resenha.
  No entanto, em uma análise lógica a resposta 1 é muito mais satisfatória, mesmo que a resposta 2 também fale “a verdade”.

  Hailé Salassie não perde a oportunidade de sugerir que o mal é o Ocidente, a garantia é a palavra dele como grande orador que foi.

  Sem alongar muito o texto meditemos sobre o maior problema:
  Uma empresa britânica vê possibilidade de lucro explorando uma mina de diamante.
  Investe capital, organiza a produção, gera empregos.
  As condições de trabalho e salários são bem melhores do que a que você encontrava em sua cidade porque senão você não iria trabalhar para essa empresa.
  Tá bom, as condições podem ser ainda melhores, mas você deve reconhecer que houve uma melhora no seu padrão de vida, a empresa inglesa foi uma “tábua de salvação” para sua situação.
  Vem seus “irmãos africanos” e não concordam que você seja “explorado” pela empresa britânica, falam palavras bonitas de que você não deve se sujeitar ao Ocidente.
  Você argumenta que já foi pior e com negociação, diplomacia, e a empresa prosperando pode conseguir maiores avanços.
  Seu irmão africano responde sua argumentação cortando sua mão!!!

  Pense bem onde está o “mal” que Salassie fala, na empresa Britânica ou no seu irmão africano...

   Hailé SelassieNascido Tafari Makonnen e posteriormente conhecido como Rás Tafari, foi regente da Etiópia de 1916 a 1930 e imperador daquele país de 1930 a 1974.
  Herdeiro de uma dinastia cujas origens remontam historicamente ao século XIII e, tradicionalmente, até ao Rei Salomão e à Rainha de Sabá, Hailé Selassie é uma figura crucial na história da Etiópia e da África.
  É considerado o símbolo religioso do Deus encarnado, entre os adeptos do movimento rastafári, que conta com aproximadamente de 11 a 15 milhões no mundo inteiro.
  Os rastafáris também o chamam de H.I.M., sigla em inglês para "Sua Majestade Imperial" (His Imperial Majesty), Jah, Rás Tafári e Jah Rastafari.
  Durante o seu governo, a repressão a diversas rebeliões entre as raças que compõem a Etiópia, além daquele que é considerado como o fracasso do país em se modernizar adequadamente rendeu-lhe críticas de muitos contemporâneos e historiadores. [Wikipédia]

    A Etiópia teve vários problemas?
  E qual povo ou nação não tiveram?

Revisando esse texto lembrei de outro:

   Mais um “grande feito” do Governo Lula foi facilitar a entrada de haitianos no Brasil, quanto devemos agradecer a Lula por isso?

  “Quando conquistou a independência em 1804, se tornou a primeira nação independente da América Latina e do Caribe, sendo o único país do mundo estabelecido como resultado de uma revolta de escravos bem-sucedida e a segunda república da América.
  A Revolução Haitiana, feita por escravos e pessoas livres de cor, durou quase uma década; todos os primeiros líderes do governo foram antigos escravos”.  [Wikipédia]

  Observem que os haitianos são donos de sua própria organização social há mais de 200 anos.  [Filosofia Matemática]

  Alguns povos apesar de todas as dificuldades alcançam a civilidade outros não.
  Aqui no Brasil muitos colocam a culpa de nosso “subdesenvolvimento” em Portugal, Inglaterra, Estados Unidos ... em “políticos alienígenas” que se materializam magicamente nas Prefeituras, Estados e Governo Federal.
  Porque tanta dificuldade em reconhecer em cada um de nós e de nossos antepassados a incompetência em se organizar como uma nação civilizada/desenvolvida?

  Nossa doença é a incompetência, reconhecer isso é o início da cura. [William Robson]


Anterior          <>        Próximo