sexta-feira, 1 de junho de 2012

Fluxos de Energia

   "Mais vale um passarinho na mão (masturbação), do que ser pai com 18 anos."
$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$
  HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA! É verdade.
  Eu queria escrever sobre sexo Tântrico, mas tal qual a Cabala a Internet é tão poluída sobre esses assuntos que esta difícil selecionar um site como referência.
  Não dá para aplicar Filosofia Matemática sobre esses assuntos em tudo que esta na rede, pois seria muito trabalhoso.
  Quero dizer que é eficiente pegar uma base sobre qualquer assunto e ir aplicando a Dialética sobre ele, analisando seus pontos coerentes e incoerentes.
  Não encontrei na Internet algo provocante sobre sexo tântrico...não quer dizer que não tenha.
  Fica mais fácil questionar uma base exemplo: Cristianismo, Islamismo, Budismo...
  Do que todo sincretismo religioso de algum povo.


  Funciona assim:
  Se você acredita que a Terra é perfeitamente redonda só tenho que mostrar que ela é achatada nos polos.
  Se você acredita que a Terra pode assumir várias formas eu tenho que contestar cada uma delas, mais que isso tenho que sugerir quais formas efetivamente ela pode tomar, fica muito mais complexo.

  Veja o caso da Bíblia, é basicamente uma só então o debate fica mais fácil, pois se apoia na mesma base, nos mesmos versículos.
  Por isso uso tanto a Bíblia como exemplo, pois quase todo mundo tem acesso fácil a mesma escritura.
  No caso do sexo Tântrico são tantas vertentes, tantas escrituras que é como se tivesse várias bíblias com vários versículos diferenciados.
============================
  Nas minhas estadas na Biblioteca Municipal de Campinas há muito tempo atrás deparei com um livro sobre sexo Tântrico que me pareceu bem “puro”, foi sobre esta base que estruturei meu pensamento sobre esse assunto.
  Foi um livro emprestado há muito tempo atrás, não lembro nem da capa, quanto mais o nome, só lembro que era antigo, uma publicação de 1950 mais ou menos.
  Esse livro foi legal porque falava do sexo Tântrico explicando o “fluxo de energia”.
  Na Internet você só vê técnicas de acasalamento e meditações sem pé nem cabeça.
  Aqui pretendo ignorar totalmente o misticismo, “talvez” mais tarde eu escreva quando o relacionamento vai além do sexo, onde aí sim há uma interação...digamos de Karma.
   Por hora vamos apenas flutuar pela base do fluxo de energia...

    O relacionamento sexual não é só uma troca de fluidos corporais é uma troca de energia.

  O ato sexual em si nem pode ser chamado de troca, mas sim de entrega de energia, lembram porque o fogo é quente?
  No ato o homem entrega energia a mulher ou a mulher suga a energia do homem, como preferir.
  Depois de uma transa em que a parceira fica realmente satisfeita...
   [Se você não sabe como é sinto muito...HAHAHHAHAAH!]
 
  A mulher fica muito agradecida ao homem, busca aconchego, ela recebeu muita energia.
  O homem busca o afastamento, esta enfraquecido, cedeu muita energia.

  Depois eu escrevo mais sobre fluxos de energia, eles são muito repetitivos só mudam a forma.
   A energia sexual acumulada no olhar e na imaginação forçou o homem a buscar uma forma de descarregar, encontrou uma parceira, efetuou a transferência e agora ele precisa de tempo para recarregar.
  A mulher recebeu energia, esta mais alegre, os olhos faiscantes, toma um maior gosto pela vida.
  Claro que esta energia recebida pela mulher vai sendo gasta no dia a dia, então ela se enfeita, se arruma, torna-se apetitosa para atrair novamente o parceiro e receber mais energia.
  O homem ao ver a mulher atraente, pelo olhar e pela imaginação começa acumular energia e o ciclo se repete.
  O ciclo se repete com menor ou maior intensidade de acordo com a situação em que nos encontramos, seus picos acontecem na fase procriava, mas pode se prolongar para indivíduos que elegem o sexo como prioridade, um objetivo de vida.
  A energia sexual é interessante porque garante a perpetuação da espécie.
  Freud defendia que esta forma de energia [Libido] é a principal em nossas vidas.
  Eu defendo que o Libido é importante, mas fica abaixo da energia gerada pela alimentação [fome] e pelo desejo [ambição].
  Medite um pouco, no próximo texto analisaremos as estruturas de pensamento Fluxos de Energia, Diferença de Potencial e Vazio Existencial...

  “Os nossos desejos são como crianças pequenas: quanto mais lhes cedemos, mais exigentes se tornam.”  [Provérbio Chinês]
  I’ll be back 


Anterior          <>        Próximo


Postar um comentário