segunda-feira, 7 de maio de 2012

Friends em Pessoa

  “Sempre é preciso saber quando uma etapa chega ao final... O que importa é deixar no passado os momentos da vida que já se acabaram.” [Fernando Pessoa]
$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$
  Por esses dias eu escrevi sobre como fazer peça de Teatro é uma atividade de alto risco, ninguém sabe o que dará certo, não há uma formula magica para atrair publico e ter lucro.

  Há peças excelentes, sucesso de critica que não rendem uma boa bilheteria, mal se pagam.
  Outras um tanto despretensiosas alcançam o sucesso.
  Isso acontece no mundo todo inclusive com séries televisivas.
  Lembrei agora de Friends, ouvia comentários, lia a sinopse e não me animava em assistir.
  Era 2001/2002 eu assinava a DirecTV comecei assistir um episódio meio assim passando pela sala e me encantei com a série.
  Era uma coisa tão absurdamente distante da minha realidade, jovens americanos que a principio não tinham absolutamente nada com meu histórico de vida.
  A série não tinha um fundo "claramente" filosófico nem era de aventura ficando difícil eu entender porque parei para assistir aquela série.
  Assisti muitos episódios [acho que todos] e mesmo hoje muito de vez em quando ainda assisto algum para relembrar, ficou uma coisa meio Chavez e Chapolin Colorado.
  Meu encantamento veio da habilidade dos autores em me fazer rir de "tragédias."
  O trabalho dos atores também foi de excelente qualidade.
                                                      ======================
  Ri muito em um episódio que o Joe chega aos 30 anos. Ri enquanto durou o episódio depois fiquei muito tristonho, introspectivo mais do que de costume.
  Fazer 30 anos é triste, como a alternativa é morrer seguimos adiante.

  Com 30 anos a pele começa a perder o viço as articulações não estão mais tão elásticas é tarde demais para muitas atividades profissionais que dependam de nossa capacidade física.

  Para homens que tem propensão genética é quando os cabelos começam a cair e a visão  se aproxima de necessitar de óculos.

  Acredito que as mulheres são ainda mais sensíveis a esta passagem dos 30 quando manter uma aparência sedutora começa exigir grandes sacrifícios.
  Li um depoimento da Rachel que quando a convidam para fazer o papel de mãe de algum adolescente ela ainda custa a acreditar, até pouco tempo atrás ela era a adolescente.
  E olhem que ela é uma artista muito bem cuidada e privilegiada geneticamente, imaginem para nós humildes espectadores.
  A pele delicada das  mulheres fica bem mais suscetível a “pés de galinha”, o pescoço começa a enrugar, na região que vai dos ombros ao inicio dos seios começa a aparecer manchas, perde aquele frescor tão sensual.
  Hoje em dia temos ótimos cremes, mas até os 30 nem precisávamos usar e agora não dá para ficar sem eles.
  Quando Joe chegou aos 30 anos nos falou de sua tragédia, mas rimos porque nos fez esquecer da nossa e ficamos gratos por isso.
  Claro que fazer 30 anos não é o fim do mundo, mas é uma etapa da vida que chega ao fim, a etapa de plena reposição das células, entendemos que nada será como antes.
  “Sempre é preciso saber quando uma etapa chega ao final... O que importa é deixar no passado os momentos da vida que já se acabaram.”

PS: Esse texto pode trazer muita tristeza, até mesmo uma leve depressão, por favor não siga por este caminho, com 30 anos adquirimos mais poder sobre nós mesmos e podemos fazer grandes coisas.
  O peso que esta sentindo é o fardo de carregar muitas ilusões.
  A Filosofia Matemática pode lhe ajudar, mas você tem que estar disposto a se desfazer de muitas ilusões, renunciar a sonhos que já não tem mais tempo nem lugar, “deixar no passado os momentos da vida que já se acabaram.”
  Faça isto e eu posso lhe apresentar algo maravilhoso em qualquer idade a ... SERENIDADE.  Clique Aqui
                                    


anterior                                           <>                                                próximo