sábado, 19 de maio de 2012

Cidadania X Conhecimento

  “Um gênio é produzido por um conjunto complexo de circunstâncias, começando pelas hereditárias, passando pelas do ambiente e acabando em episódios mínimos de sorte.”  [Fernando Pessoa]
$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$
  Se você fizer uma lista com grandes invenções e descobertas da humanidade nos últimos 500 anos terá a impressão que gênios nascem mais em alguns países.

  Inglaterra, USA, Alemanha e países semelhantes.
  Eu concordo tanto com Fernando Pessoa que vivo escrevendo sobre a importância de desenvolveremos um bom ambiente político e econômico.
  O ambiente é basicamente a única maneira que temos para ajudar na descoberta de gênios. 
  Como a massa é medíocre o que faz a diferença na nossa melhora de vida é que grandes pensadores ou pessoas com dons especiais consigam desenvolver seu potencial nos levando por novos e melhores caminhos.
  A sorte eu não sei de onde vem, podemos dizer por exemplo que Michelangelo teve sorte em nascer nas circunstancias que nasceu, se tivesse nascido em uma Angola talvez não encontrasse pessoas que soubessem reconhecer seu talento e lhe dessem apoio.

  “Ele desenvolveu o seu trabalho artístico por mais de setenta anos entre Florença e Roma, onde viveram seus grandes mecenas, a família Médici de Florença, e vários papas romanos. Iniciou-se como aprendiz dos irmãos Davide e Domenico Ghirlandaio em Florença. Tendo seu talento logo reconhecido, tornou-se um protegido dos Medici, para quem realizou várias obras. Depois fixou-se em Roma, onde deixou a maior parte de suas obras mais representativas.” [Wikipédia]

  Meu amigo Einstein poderia ter morrido em um campo de concentração por ser judeu, mas saiu da Alemanha Nazista antes das prisões acontecerem em grande escala, que sorte em? Dele e da humanidade.

  “Por ser judeu, sua propriedade foi confiscada pelo governo nazista e perdeu a cidadania alemã. Mudou-se para os Estados Unidos e passou a lecionar no Instituto de Estudos Avançados da Universidade de Princeton.” [Educa]  Clique Aqui
==========================
  No USA foi feito uma pesquisa a respeito de homens e mulheres muito inteligentes tendo filhos, esperava-se que essas crianças nascessem super dotadas, mas nasceram com inteligência mediana.
  Ou seja, em termos de genialidade a genética é uma das circunstancias que não temos como controlar.

  A seleção genética melhora a qualidade do organismo, mas não apresenta resultados significativos em se tratando de inteligência.

  Vejamos como em relação ao ambiente a coisa muda de figura.
  Uma criança que nasce com inteligência mediana tem sua capacidade de raciocínio muito melhorada se tiver contato com pais inteligentes ou bem instruídos.
  Não adianta o pai ser inteligente e viver dentro de um laboratório ou escritório sem conversar com o filho.
  Isso é até simples de explicar e observar.
  Minha filha pergunta para eu ou minha esposa o que é arquipélago.
  Nos respondemos rapidamente que é uma região com muitas ilhas, um conjunto de ilhas.
  A informação chega instantaneamente e precisa.
  As duvidas de matemática de minha filha são tiradas rapidamente é como se ela tivesse um professor particular a disposição  durante boa parte do dia, todos os dias.
  É evidente que uma outra criança que tenha a mesma inteligência mediana e não tenha pais instruídos terá muito mais trabalho para conseguir informações precisas.
  Pais com bom grau e instrução que convivem com seus filhos mais escola de qualidade tornam cérebros medianos em mentes muito eficientes, o que dirá as crianças que nascem com algum talento, com habilidades acima da média.

  Logo o surgimento de pessoas muito inteligentes depende de:
a) SORTE -  ser um escolhido de Deus talvez.

b) Do acaso GENÉTICO e suas infinitas combinações.

c) De um AMBIENTE propicio a uma educação de boa qualidade em casa e na escola.

  Tirando a sorte e a genética que não temos controle nos sobra o ambiente, pais bem instruídos  dividindo seus conhecimentos com seus filhos e escolas que deixem de lado “formar cidadãos” e se especializem em TRANSMITIR CONHECIMENTOS.

  Gênios nascem em todos os países, em todas as regiões do planeta, alguns povos criam ambiente propício para que eles se desenvolvam em toda sua potencialidade, outros não.

  Aqui no Brasil a prioridade das escolas é formar cidadãos, pessoas conscientes de seus direitos e deveres para lutar contra a “elite dominante” e “valorizar as minorias”.
  Não me peçam para explicar, nunca consegui entender esta prioridade.
  Matemática, Ciências, Historia, Geografia, Idioma, Geometria, Literatura... nos países onde “nascem” mais gênios estas são as prioridades na escola, transmitir as crianças conhecimentos acumulados da nossa espécie humana.
  Quem forma o cidadão?
  Isso é responsabilidade da Família transmitindo “cultura” e do Estado estabelecendo leis com consequentes multas e até punições para quem perturbe a ordem publica ou cometa crimes.
  Meditem sobre isso, para melhorar este país é essencial que mudemos a prioridade de nossas escolas mais matemática e menos kit gay, mais ciência e menos discussão sobre os direitos da criança e do adolescente...
                                                        


anterior                                <>                                     próximo

Postar um comentário