segunda-feira, 19 de março de 2012

Para quem não me lê

  “A farda modela o corpo e atrofia a mente.” [Guevara]
$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$
  Caraca! Isto explica muita coisa, Che vivia fardado... HAHAHAHAHAHAHAHA!
  No entanto entendo o que Che quis dizer e não acho que sua mente era atrofiada porque ele liderava, não era liderado. “Era a cabeça e não a cauda.”
  Ele tinha uma “Síndrome de Jesus Cristo” muito desenvolvida, só ele e sua ideologia salvariam o mundo.
  Em outros planos de pensamento eu não trago tudo que observo aqui no Abismo, coloco filtros para que o texto seja compreensível.
  Neste plano de pensamento em que Che fala que o soldado tem a mente atrofiada eu não consigo ir muito longe.
  É meio frustrante porque isto é muito mais profundo do que parece e eu que estou acostumado a ir facilmente as profundezas das situações, me incomoda esta situação em que não consigo andar muitas casas alem da virgula.

  O que leva um ser humano a seguir outro cegamente? Este é o enigma.

  Não, não limitem suas mentes não estou falando apenas de soldados.
  Aqui estamos na Filosofia Matemática, estou falando de todos que idolatram um líder ou outra pessoa.
  Você conhece o tipo, claro que conhece, estas pessoas estão por toda parte, talvez você mesmo seja uma delas.
===========================
  O RR Soares é idolatrado por inúmeros fiéis, o que ele fala é quase lei, se você aponta uma contradição na Bíblia e ele diz que é mentira, por melhor que seja sua argumentação ele diz que não é você que esta pensando, mas o “maligno”. 
  Os fiéis não lêem o que a Bíblia diz claramente, nem tentam entender sua argumentação, apenas o que o RR falar será ouvido.
  Pessoas na Internet colocam sites Lulistas ou Petistas e nem consigo comentar nada porque não é um site aberto ao debate é um site de ADORAÇÃO.
  Já contei que fui convidado para um site do PSDB, de 4 comentários que fiz apenas um foi publicado sabem porque?
  Foi antes da eleição e era um site de adoração ao Serra, claro que eu desisti.
  Isto não se limita a estas situações maiores, no nosso cotidiano também é muito comum.
  Na escola tem aquele aluno(a) que 3, 4 ou mais “giram em sua orbita”.
  No trabalho é isto, na Igreja é isto, em muitas famílias acontece isto.

  Quando a força que mantém a orbita é a amizade, o amor, o interesse financeiro ou poder eu consigo entender, mas esta idolatria, este deixar de pensar diante de uma pessoa, para eu é um grande mistério porque nunca consegui girar na orbita de ninguém.

  Na minha caminhada matinal aos Domingos faz algum tempo que encontro uma senhora varrendo a calçada, certa vez ela disse bom dia e começamos a nos cumprimentar, mesmo eu passando rapidamente ela conseguiu em alguns segundos me convidar para sua igreja, por educação eu disse que qualquer dia iria. 
  Ela parece não ter entendido a minha educação e entendeu aquilo como um tipo de promessa, em dois domingos consecutivos me deu um folheto de sua igreja. 
  Fui mais incisivo e disse que não sou do tipo que freqüenta igrejas, já freqüentei muito, mas agora não tenho mais vontade.
  Porque que eu fui dizer isto; a senhora passou a ter certeza que ela foi uma enviada de Deus para salvar minha vida.
  Perguntei se ela tinha Internet, ela disse que sim. 
  Perguntei se ela navegava, ela disse que sim a Igreja tem um site onde eu poderia tirar minhas duvidas.
  Eu dei-lhe um cartãozinho deste Blog e a convidei a tirar algumas de minhas duvidas.
  Há 3 domingos atrás ao me ver chegando ao longe ela entrou para dentro de casa, não dei muita importância, há 2 domingos atrás ao me ver ao longe parou de varrer e entrou para dentro de casa, neste último Domingo eu olhei para dizer bom dia, mas ela nem olhou no meu rosto...
  Tudo bem, eu não gosto mesmo de ficar cumprimentando as pessoas que eu cruzo acidentalmente na rua, cumprimento apenas por civilidade.
===========================
  Eu sei que este Blog tem muitos leitores porque tem um registro numérico de visitantes, também no meu cotidiano recebo algumas perguntas que só quem leu algum texto faria.
  Exemplo: Por estes dias um colega me disse que para Deus eu não sou um “sapo”, oras, para dizer isto ele deve ter lido o texto em que eu disse que sei como é se sentir sapo, foi um conto de um homem que cuidava da sua plantação de arroz.

 No geral as pessoas fazem questão de dizer que perderam o endereço do Blog, que desconhecem o que eu escrevo, enfim, mesmo os que leem não querem se misturar com uma mente como a minha.  
 Quero dizer que “oficialmente” ninguém me lê.

  Agora vocês que “não me lêem” podem entender minha surpresa quando vim para o Blogger e me deparei com certos números.
  Lembrei certa vez que a Nihil escreveu que tinha todo cuidado para que outras pessoas não lessem o teor de nossas conversas, nem seu nome verdadeiro colocava, eu não escrevi, mas pensei: “Até tu Nihil...HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAAH!
  Então agora você que não me lê consegue entender porque não consigo meditar profundamente sobre esta situação apontada por Che, eu não sou cabeça e não consigo ser cauda, não giro na orbita de ninguém e as pessoas fogem de mim “como a Cruz foge do Diabo”.
To be continued...





anterior                                           <>                                                próximo