quinta-feira, 29 de março de 2012

Inspiração Materialista

  “Para Marx não existe o indivíduo formado fora das relações sociais, como o querem Hegel, Feuerbach, Schopenhauer, Kierkegaard e outros tantos. Para ele “A essência humana é o conjunto das relações sociais” [Fragmentos de Filosofia]
$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$
  Eu já contei esta historia aqui, mas vale a pena repetir.
  Minha esposa é destas mães modernas que interagem muito com seus bebes então logo cedo já surgem aquelas birrinhas e medição de forças.
  A criança já aprendeu a andar e corre da mãe, a mãe chama, ela não vem e corre mais longe, enfim, aquela cena tão comum que todos conhecemos.
  Em uma dessas medições de força minha filha Aléxia ficou com birrinha com minha esposa, eu perguntei se a mamãe estava sendo má com meu bebe eu poderia bater na mamãe.
  Você quer que eu bata na mamãe?
  Ela agiu como eu esperava que agisse, ela disse que não.
  Então se a mamãe é legal, obedece a mamãe e para de birrinha.
  O tempo passou e quando minha filha mais nova Ellen atingiu os mesmos 2 ou 3 anos uma situação semelhante se repetiu.
  Eu disse: Você quer que papai bata na mamãe má?
  Ela acenou com a cabeça dizendo que sim!
  Eu pensei que ela não tinha entendido a pergunta, repeti a mesma pergunta e ela disse quero!
  Minha esposa ficou p da vida...HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH!
  O interessante é que horas depois de ocorrido este fato minha filha Ellen me procurou para saber se eu já havia batido na mamãe.
  Eu a peguei no colo e lhe disse que não devemos bater nas pessoas.
  Papai não bate em você porque papai iria bater na mamãe? Você não gosta da mamãe?
  “Gosto muito, eu amo a mamãe!”
  Então porque você quer que eu bata na mamãe?
  “Humm... não quero mais não!”
==============================
  Minha filha Ellen completou 9 anos e garanto que é muito amorosa, carinhosa mesmo, tão ou mais amorosa que a filha Aléxia.
  Mas não é interessante que duas crianças com criação praticamente idênticas em uma fase de suas vidas tenham reações tão opostas  em se tratando de um ato de violência?

  Por tudo que já observei na vida Freud e Marx estão equivocados, não nascemos uma folha em branco.

  Espero que não, mas desconfio que para filha E casar com um homem mais agressivo seria aceitável já para filha A não seria.
  Não vou entrar em detalhes, mas no meu contato com a E uso meus conhecimentos para tentar influencia-la em não admitir ser agredia por um homem, tudo é muito sutil, a manipulação exige maestria.
  É o meio tentando influenciar a essência, espero que eu consiga.
  Nestas horas eu até gostaria que as teorias de Freud e Marx estivessem certas, seria tudo muito mais fácil.
  Filhos criados por pais honestos e pacíficos em uma comunidade honesta e pacifica seriam honestos e pacíficos.
  Qualquer comunidade que não obedecesse um padrão pré determinado de conduta seria ocupada pelo exército que imporia regras rígidas de disciplina principalmente direcionada as crianças.
  É sobre a inspiração do Materialismo Dialético que Comunistas quando chegam ao poder querem alterar os livros de historia, o objetivo é que a “folha em branco” [a criança] conheça a “verdadeira” historia da pátria, e claro, totalmente idolatrando qualquer movimento marxista.
  Vejam o caso de Cesare Battisti, a “comissão da verdade de Lula” decidiu que Cesare é um perseguido político, esta é a verdadeira historia e não se fala mais nisto. 
  Se o PT puder escrever um livro de Historia sobre Cesare ele será alguém que lutou pela Liberdade e Democracia na Itália. 
  Em breve terá direito a algum tipo de aposentadoria, ainda mais com padrinhos políticos tão poderosos, e todos nós garantiremos uma vida pacata e tranquila ao nosso grande herói multinacional.
  Já aqueles boxeadores Cubanos que pediram asilo no Brasil foram despachados rapidamente de volta para Cuba porque...eu não sei porque, tenho que ler a historia verdadeira que um dias os marxistas irão escrever.
  O interessante no caso dos boxeadores é que apesar de desde criança eles serem bombardeados com ideais Marxistas e como esportistas gozarem de uma vida um pouco melhorzinha em Cuba não hesitaram em fugir do regime na primeira real oportunidade que tiveram o que nos faz andar em círculos voltando sempre no mesma base de sustentação:

  Claro que somos influenciados pelo meio, mas nossa essência já nasce com nós.

  Se ela é fruto de um acaso genético ou planejada por espíritos fica para outro texto.
  Apenas defendo que em uma queda de braço é o conjunto de essências que moldam o meio
  O grau médio de BOM SENSO e INTELIGÊNCIA de um povo é o que define o estado de civilidade ou barbárie que ele vive.



anterior                                           <>                                                próximo
                                                                         

Postar um comentário