terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Vai encará mano?

   “Se há homens cujo ridículo nunca se tornou evidente, é porque nunca procuramos bem.” [Rochefoucauld]
$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$
  Não acho produtivo sair por aí procurando o ridículo nas pessoas, mas quando temos a intenção de um relacionamento amoroso ou vamos eleger algum político esta busca pelo ridículo se torna quase uma obrigação.
  Li em uma reportagem que Chaves foi fazer tratamento contra um câncer em Cuba. O ridículo da coisa é que seu país, a Venezuela, é 2 vezes mais eficiente que Cuba no combate a esta doença.
  Chaves não quer que as pessoas do seu país pensem que ele é um humano normal de carne e ossos, precisam acreditar que ele é um super homem e em Cuba sua identidade secreta de simples mortal esta protegida!! [ou estaria há uns 30 anos atrás]

   O problema não esta tanto em ser ridículo, afinal todos somos ridículos em alguma coisa.

  Então não devemos eliminar um pretendente amoroso ou político por conta de algum comportamento ridículo, mas com certeza devemos analisar as conseqüências do tal comportamento em sua vida que por tabela afetará muito a nossa vida.
=========================
  Lembrei de uma colega que estava a ponto de um ataque de nervos por conta de passarinhos, é passarinhos.  Seu companheiro enchia a casa de pássaros  e até perdia dinheiro, mas não perdia a oportunidade de adquirir um curió, pintassilgo ou coisas do tipo.

  Você sai com aquela bela garota de 20 anos e fica impressionado com sua capacidade de comer, come mais que lima nova, espero que goste de gordinha porque depois de uns 5 anos é uma gordinha que você terá em casa...HAHAHAHAHAHAHAHAAHAHH! .  Antes do casamento é pimba na gostosinha depois é pimba na gorduchinha.

  Você acha ridículo, mas gracioso quando seu namorado toma um pilequinho, depois de casado todo ano o cachaceiro dá aquele vexame nas festas familiares. Você pensa: acho que quem estava bêbada era eu para casar com este pudim de pinga...HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA!

  Bom, agora eu deveria escrever algo sobre políticos nesta mesma linha de raciocínio, mas acho melhor não, até porque quando você vota em políticos ridículos eu também pago a conta e isto não tem graça nenhuma.
  Vou escrever sobre  um professor que tive no cursinho Objetivo, o professor Teixeira de português. Ele contou sobre uma situação ridícula que viveu em sua lua de mel da qual ninguém esta totalmente livre.
  Chegando no hotel sua agora esposa estava muito apertada, ela correu para o banheiro e na hora de dar a descarga, ops, cadê a descarga? O hotel estava sem água.
  Sua esposa meio sem jeito saiu do banheiro e lhe contou a triste novidade.
  Acontece que o Teixeira também estava precisado de usar o banheiro e sua esposa ficou sem jeito de falar para ele não ir...ela com certeza deveria ter feito isto, se você homem ou mulher estiver em uma situação parecida FAÇA ISSO!
  O Teixeira quando abriu a porta e sentiu o cheiro já pensou em voltar correndo para trás, mas ponderou que não devia estar tão mal assim, ao levantar a tampa do vaso ficou paralisado, havia um “monstro” de uns 5 por 20 cm lá, o tolete era tão desenvolvido que só faltou falar com ele: “e aí mano vai encarar?”
  Teixeira perdeu a vontade de tudo, até sua vontade de urinar passou e a classe ali quase urinando de rir...HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA!
  Não esqueço mais do olhar desolado dele ao relembrar do fato e proferir a frase:
  “Como uma coisinha tão linda e delicada podia produzir um troço tão feio, tão monstruoso daqueles?”HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA!
  Mas tudo bem, o Teixeira superou tudo aquilo, afinal foi um acidente.
  Então desejo que quando algo ridículo acontecer em sua vida seja apenas um acidente, algo sem grandes conseqüências que até consigamos rir depois.
  E quando for votar, por favor, não me faça ver nenhum troço monstruoso quando eu ler a reportagem da vida privada de um agente publico de qualquer administração publica sobre qualquer enriquecimento ilícito.
  “Honestidade e Competência, abram as asas sobre nós.”

PS: Para ilustrar este texto terei que pegar um exemplo secundário porque o caso do Teixeira iria deixar a pagina pouco atraente, então em homenagem a minha colega do passado, sua majestade o curió, como pressagio de um futuro bonitinho...


anterior                       <>                                próximo