segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Pegou

  "Há péssimas qualidades que fazem grandes talentos."  [Rochefoucauld]
$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$
   Os prazeres são muitos e por conseqüência os gostos são variados.
   Há pessoas que curtem colecionar miniaturas e outras que gostam de escalar grandes montanhas.
  Eu não entendo pagar pelo prazer de uma pessoa se isto não me trouxer prazer também a não ser que seja uma pessoa da família ou colega próximo muito querido.
  Tipo, um colega pede que você lhe pague um salgado e você mesmo o chamando de folgado paga porque sua companhia é agradável, vale ao menos um salgado...HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA!
  Ou um carente lhe pede algo que comer e você em solidariedade lhe ajuda, afinal esta faltando para ele e para você uns trocados não irá fazer grande diferença.
  O cidadão tem prazer em lutar o “Vale Tudo” e por sorte dele muitos indivíduos gostam de vê-lo lutando, oras, juntou a fome com a vontade de comer.
  O cidadão vai vivenciar o seu prazer enfrentando grandes lutadores e até pode ficar rico fazendo isto e proporcionando prazer ao publico que pagará para assisti-lo

  Logo, ter um corpo resistente para luta é uma qualidade que pode formar grandes talentos na arte de brigar que a grosso modo seria uma péssima “qualidade”, gostar de bater nos outros.

  Transportando isto para o mundo dos negócios, você pode ser uma pessoa muito simpática, sempre disposta a ajudar, se mantém serena mesmo sendo ofendida acontece que você é assim apenas com a chefia.
  Não que isto seja um grande problema, ser puxa saco pode fazer você pertencer a uma panelinha e isto lhe render boas promoções. 
  Não ligue para o que os outros falam de você, se este é seu talento use-o como achar melhor.
  Por outro lado você pode ser muito sensível, se importa enormemente com as pessoas, nem consegue separar satisfatoriamente o profissional do pessoal, não gosta de magoar as pessoas, oras, você é como dizem um grande ser humano. 
  Acontece que é muito difícil ser um chefe eficiente com tal comportamento.

  Não raro, aquele chefe insensível que tem até um certo prazer em humilhar o subalterno é bem visto pelo patrão, ainda mais nas organizações em que a alta competitividade é estimulada.

  Já vi casos do patrão ser um “amor de pessoa” e manter aquele chefe frio e calculista justamente para servir-lhe de escudo, ele mesmo não consegue ser tão objetivo com os empregados lhe trazendo grandes transtornos.
  Bom, tudo isto para falar mais uma vez que na vida não há formulas magicas.
  Para conquistar o amor de uma mulher, ocupar um bom cargo na empresa, alcançar sucesso como artista ou outra atividade qualquer por vezes algo considerado “feio” se torna uma qualidade poderosa , para o bem ou para o mal.
  Vejam o caso daquele cantor Teló, quando ele iria imaginar que uma musica despretensiosa iria fazer sucesso até na Europa como uma nova Macarena?
  Tá certo, provavelmente é um sucesso passageiro, uma onda de verão, mas com certeza deu para forrar o bolso e viver bons momentos, para que esperar mais da vida?
  Espero que suas qualidades e até mesmo seus defeitos lhe proporcionem ótimos momentos na vida e que principalmente o “monstro” não seja dominante em você.
  Os brutos também amam, isto é algo muito bonito para cultivar, algo muito bom para acreditar, algo lógico a defender.
  Lutar pelo seus espaço, pelo seu prazer, é defensável, destruir vidas por puro prazer é lamentável.
  Sem contar que acuadas as pessoas irão querer te destruir também, você não será páreo para tantas mentes descontentes, então as coisas tem um limite aceitável, não ultrapasse o seu.






anterior                       <>                                próximo


Postar um comentário