segunda-feira, 14 de novembro de 2011

A Festa

"O euro eliminou a possibilidade de políticas monetária e cambial independentes. Há apenas política fiscal e reformas estruturais. Que agora terão de ser feitas em condições muito mais difíceis. Os tempos da economia e da política convergiram. A lição para eles - e para nós - é que nos momentos de bonança é que se deve procurar diagnosticar e encaminhar soluções para problemas de longo prazo, por mais "irrealista" que isso pareça do ponto de vista político."  [Pedro Malan]
$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$
  Quando escrevo sobre PLR, Agregar Valor, Aviso Prévio, Desonerar folha de
pagamento, combater a corrupção, entre outras coisas, é justamente por concordar com o Pedro e tantos outros pensadores de economia.
  O Brasil tem um Capitalismo de má qualidade, foi melhorado bastante no Governo FHC, mas visivelmente falta muito ainda para ser um Capitalismo eficiente.
  A grande surpresa deste inicio de século é que países importantes descumpriram regras básicas como não gastarem mais do que arrecadam, ter um certo rigor fiscal.
  O Brasil não melhorou muito, mas o resto do mundo piorou bastante, sinceramente não sei como Berlusconi se manteve no poder por tanto tempo em um povo culto como o italiano [olha as interferências aí gente], Berlusconi parece um daqueles espiritos ESCOLHIDOS para ter sucesso...


========================
  Mas voltemos ao Malan, o Brasil vive um bom momento e agora é a melhor hora para fazermos reformas estruturais importantes.
  Estas leis como a do aviso prévio que comentei parece coisa pequena, coisa que não devemos nos preocupar, acontece que temos esta "ilusão" porque a economia esta razoavelmente aquecida, esta lei desinteligente dá uma esfriadinha mínima na economia que muitos ignoram e simplesmente dizem que "as empresas irão se adaptar".
  Você que acompanha este Blog não caia nesta falácia com ares de que você não é afetado e sim as empresas, todo aumento de custo é repassado para você, uma empresa que não dá lucro fecha, logo o encarecimento de produto TODA sociedade paga, lá no final da "meditação" é inevitável que cheguemos a conclusão que perdemos COMPETITIVIDADE.
  Italianos, espanhóis, portugueses, gregos, americanos foram gastando a vontade, criando leis "socialistas", "revolucionando o capitalismo", quando acabou o dinheiro foram se endividando nos cartões de credito porque a "festa" não podia parar.
  Bom, o capitalismo tem suas bases naturais se você não as respeita, mais cedo ou mais tarde a festa acaba.


  Eu gosto do que o Pedro fala e o Mantega...prefiro nem comentar, o melhor do Governo Lula foi o Henrique Meireles.


  Então senhoras e senhores tenham juízo com os gastos porque não sabemos se nosso Governo terá juízo, só podemos ficar na torcida, quem pode fazer alguma pressão para o controle dos gastos FAÇA!
  Se somos minoria e não podemos controlar os rumos do Governo cuidemos bem de nossas economias, não podemos e não devemos pagar pelo desatino da maioria, boa sorte a todos e que a Força esteja com vocês...




  anterior                       <>                                próximo