segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Conjuntos

  "Nunca será um bom matemático aquele que não for um pouco filósofo." [Einstein]
$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$
  Concordo com o amigo Einstein e digo que ninguém pode ser um bom Filosofo se não for um pouco matemático, não dá para praticar uma Filosofia eficiente de boa qualidade se desprezarmos números, estatísticas, conceitos matemáticos, fontes.
  Lá no Blog da Selma a Nihil disse que o Kardecismo é "meio cristão".
  Oras, matematicamente se metade [50%] da doutrina é cristã conceitualmente temos que admitir que a outra metade não é.
  Se a metade que a Nihil considera cristã é a do comportamento caridoso, o incentivo a pratica do bem e isto é comum em todas a s religiões então todos os religiosos que incentivam a caridade e a pratica do bem podem se considerar cristãos.


========================
  Fiquemos agora com a metade da doutrina que não pode ser considerada cristã, a meu ver seria a base: Jesus não é o único caminho e não resgatou nossos pecados.
  Lembram da parte matemática sobre conjuntos? 

  Se não lembram cliquem no link antes de continuarem.

 Lembremos do esta contido, não esta contido e interseção.
 O conjunto Kardecismo não esta contido no conjunto cristianismo porque a base fica de fora.
  Pelo mesmo motivo o conjunto Cristianismo não esta contido no conjunto Kardecismo porque a base fica de fora, Jesus é o único caminho e resgatou nossos pecados na cruz.


  Estes dois conjuntos tem uma zona de interseção que vamos chamar de "valores morais"


  Acontece que este conjunto "valores morais" é comum a todas as religiões, logo não é exclusividade de nenhuma delas.
  Filosófica/matematicamente não podemos atribuir o conjunto valores morais como estando contido no Cristianismo porque ele surgiu há cerca de 2000 anos atrás e temos religiões muito mais antigas, se fosse o caso de sugerirmos um conjunto que contivesse o VM seria o hinduismo que é a religião mais antiga que temos conhecimento.
  Não vou entrar por esta brecha para não complicar, mas podemos dizer que um ateu não tem valores morais, VM é um conjunto exclusivo de religiosos? Claro que não.
  Vamos pensar matematicamente usando o conceito de conjuntos, se foi a escola só para comer merenda, DESISTA...HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA!
-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-
Considerando: Cristianismo = conjunto C ; Kardecismo = conjunto K ; Valores morais = conjunto V.
K não esta contido em C
C não esta contido em K
V não esta contido em C
V não esta contido em K
-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-~-
  Entendam que V faz parte de todas religiões é uma zona de interseção que esta no Budismo, Judaísmo, Islamismo...
  Logo o Kardecismo tem uma base diferenciada do Cristianismo e a parte que eles tem em comum é uma interseção também comum a outras religiões, a outros conjuntos doutrinários.
  Mesmo quem não é muito bom de matemática pode deduzir que quando a Nihil opinou que 50% do Kardecismo não é Cristão e este 50% é a base ideológica ela Filosoficamente eliminou o Kardecismo como uma corrente do Cristianismo.
  A não ser que a Nihil considerou como os 50% em comum sendo a base e diferenciou os valores morais o que eu acho pouco provável.
  Mas se foi isto ela tem que nos contar onde encontrou que Jesus pregava que cada um tem que resgatar seu pecados ou onde encontrou que os Espíritos Superiores disseram que Jesus é o único caminho.
  Nesta parte o Robson terá que ajuda-la porque eu não sei como, me faltam fontes...



anterior                       <>                                próximo

Postar um comentário