quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Sobre a Arte

"A vida imita a arte e segundo Rousseau "artes e ciências corrompem a sociedade"
$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$
  Gênesis 3:22   Então disse o Senhor Deus: Eis que o homem se tem tornado como um de nós, conhecendo o bem e o mal. Ora, não suceda que estenda a sua mão, e tome também da árvore da vida, e coma e viva eternamente.


  A arte esta muito ligada a criatividade e a criatividade a imaginação.
 Na minha imaginação posso criar algo meio surreal como um elefante voador basta eu transformar suas grandes orelhas em poderosas asas.

  Porque será que Rousseau dizia que as artes corrompem a sociedade?

  De certo Rousseau gostava de algum tipo de arte, ainda não conheci alguém que não goste de nenhuma.
  Marxistas gostam de artes, mas só as aprovadas por eles.
  Talvez Rousseau aprovasse a estatua de uma mulher "decentemente" vestida, mas se lhe fosse apresentada a estatua de uma mulher em trajes mínimos já deveria ser uma arte a ser censurada, uma arte corrompedora da Sociedade.
  Calma! Muitos já devem estar dricando com Rousseau então vamos a um lugar que você não gosta de ir, nas profundezas de sua alma.
========================
  Em Gênesis depois que o homem comeu do fruto do conhecimento Deus disse que nos tornamos "um deles", mas para que a transformação não fosse completa nos impediu de alcançar a arvore da vida eterna.
 Isto é interessante porque a arvore da vida eterna estava ao nosso alcance e possivelmente comeríamos de seu fruto, logo seriamos eternos.
  Lembrem-se que Deus nos permitiu comer de todo fruto, de toda arvore.
  Apenas e tão somente de uma arvore era proibido.
  Sem a arte, sem imaginação, sem pensar, eu aceitaria facilmente a versão do padre de que eu fui condenado por minha desobediência, acontece que na minha imaginação esta historinha politicamente correta fica corrompida, vejam só:

  Imaginem, se Deus respeitou meu livre-arbítrio para comer do fruto do conhecimento porque não respeitou meu livre arbítrio de comer da arvore da vida eterna?

  O respeito ao livre arbítrio só é citado quando atende a historinha contada pelo padre!!!!     
  Eu não posso imaginar nada diferente? Não posso pintar um quadro contando uma outra historia?
  Se Deus sabe de tudo, já sabia que Eva cederia a tentação, logo eu imagino que ele poderia não ter criado a Eva tão curiosa ou não ter permitido acesso ao tão perigoso fruto.
  Percebem? A maioria das pessoas que estão me lendo são cristãs, elas só admitem uma única versão da historia e o simples fato de eu imaginar que ela possa ser diferente já passa por blasfêmia, uma arte, um pensamento que corrompe a Sociedade.

  Como vês, há mais de Rousseau em você do que "imaginas".

  Peço desculpas por "tentar" te corromper, mas neste caso quem aceitou um elefante voador como resposta única admissível foi você, eu simplesmente estou dizendo que elefantes não voam, sua vida, suas historinhas são uma arte que eu não consigo imitar.
  Para pessoas como Rousseau a parte mais assustadora da arte é quando a imaginação faz mais sentido que a realidade inventada, nos força a sair de nossa zona de conforto e tentar idéias novas.
  Para Rousseau idéias novas ou diferentes são o mal da sociedade, só seremos felizes se voltarmos a sermos simples e ignorantes, a felicidade da humanidade esta em algum lugar do passado, um passado que Rousseau não viveu apenas "idealizou" que é maravilhoso
  Eu tenho minhas duvidas, mas minha opinião não deve valer muito, sou um cara corrompido pela ciência e pelas artes um mal a ser evitado...

anterior                       <>                                próximo

Postar um comentário